<
>

Copa América ainda tem 35% dos ingressos encalhados e jogos com menos de 5 mil entradas vendidas

play
Sem Arthur, Tite deve escalar Allan ou Fernandinho: Hofman detalha preparação da seleção para estreia na Copa América (1:49)

Seleção enfrenta a Bolívia na sexta-feira; Arthur, lesionado, está praticamente descartado da partida (1:49)

A Copa América começa nesta sexta-feira, mas cerca de um terço dos ingressos para jogos da competição ainda não foram vendidos. De acordo com a organização, foram comercializadas 650 mil de mais de um milhão de entradas disponíveis para as 26 partidas do torneio que ocorrerá entre 14 de junho e 7 de julho.

Até o momento, só foram esgotados os tickets para quatro confrontos: Argentina x Colômbia, em Salvador, Peru x Brasil, em São Paulo, as quartas de final na Arena Corinthians e a decisão do torneio.

Nos duelos do Brasil, a estreia contra a Bolívia no Morumbi, ainda é possível comprar a entrada inteira para a categoria 1 (R$ 590) e para a categoria 2 (R$ 390). Já para o embate com a Venezuela, na Fonte Nova, restam apenas entradas na categoria 1 (R$ 350).

Por outro lado, Equador x Japão e Bolívia x Venezuela, ambos em Belo Horizonte e válidos pela terceira rodada, há menos de cinco mil ingressos vendidos em cada jogo.

"A gente espera que a partir de sexta, com bola rolando, isso nos ajude a gerar um pouco mais de interesse nessas duas partidas. As outras estão indo bem, as vendas estão aquecidas", afirmou o diretor-geral do Comitê Organizador Local (COL) da Copa América, Agberto Guimarães, em entrevista coletiva no Morumbi nesta quarta-feira.

“Já vimos isso em outros grandes eventos. A partir do momento que o evento começa, as pessoas passam a se engajar mais."

A meta é alcançar os 70% de ingressos vendidos.

A Copa América começa nesta sexta-feira com a partida entre Brasil e Bolívia, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi, em São Paulo.