<
>

Draxler confirma briga com Neymar no vestiário do PSG e brinca: 'Quando acontece com ele, o assunto acaba na imprensa'

play
Fábio Luciano analisa seleção brasileira sem Neymar: 'Está na hora de olhar para ele como mais um' (2:26)

Brasil goleou Honduras no primeiro jogo após lesão do camisa 10 (2:26)

A forte discussão entre Julian Draxler e Neymar, nos vestiários do Paris Saint-Germain, ganhou mais detalhes na última edição da revista Kicker, que ouviu o caso diretamente da boca do jogador alemão.

“Não estava de acordo com ele, como pode acontecer com qualquer companheiro. Quando se passa com Neymar, o assunto acaba na imprensa”, comentou o jogador, rindo da situação que acabou sendo primeiramente publicada pelo francês Le Parisien.

“Foi uma coisa durante a partida. Estava cansado, o tom de voz subiu, uma palavra levou a outra, mas voltou a acalmar. Nada especial, diria, mas mostrou que neste momento não estávamos nas melhores condições mentalmente”, lembrou.

O caso aconteceu após a derrota frente ao Montpellier com uma virada nos minutos finais. O diário francês chegou a relatar que o técnico Thomas Tuchel e o diretor esportivo Antero Henrique tiveram que separar os dois.

Segundo a publicação, o alemão teria culpado Neymar pela derrota por ser “muito individualista”, e o brasileiro teria respondido questionando quem era Draxler para falar com ele, completando com um “Só dá passes para trás”.

Depois da publicação do Le Parisien, o Paris Saint-Germain chegou a publicar em suas redes sociais uma mensagem desmentindo o relato, que agora foi confirmado, em parte, por um dos envolvidos.