<
>

Van Dijk explica por que abraçou árbitro Ovidiu Hategan após jogo da Holanda pela Liga das Nações

Van Dijk abraça o árbitro Ovidiu Hategan ao final de Alemanha 2 x 2 Holanda Reprodução

O zagueiro Virgil van Dijk, do Liverpool, explicou nesta terça-feira por que deu um caloroso abraço no árbitro romeno Ovidiu Hategan após o empate por 2 a 2 entre Holanda, equipe do defensor, e Alemanha, na última segunda-feira, pela Liga das Nações da Uefa.

Segundo o defensor, o juiz soube pouco antes da partida que sua mãe havia morrido. No entanto, Hategan disse que gostaria de apitar o duelo normalmente, e manteve a compostura durante toda a partida.

Ao apito final, porém, o romeno caiu em lágrimas, sendo consolado por Van Dijk.

"Ele não aguentou mais segurar e irrompeu em lágrimas porque havia perdido sua mãe. Eu desejei a ele toda a força nessa hora difícil e falei que ele havia apitado a partida muito bem", contou o holandês, autor do último gol da partida, nos acréscimos.

"Foi algo pequeno (o abraço), mas espero que o ajude de alguma forma", completou.

Com o resultado da partida, a Holanda avançou para a fase final da Liga das Nações, com 7 pontos, os mesmos da França, campeã mundial, que perdeu no saldo de gols e foi eliminada. A Alemanha ficou em último lugar e foi rebaixada.

Os outros classificados para o final four são Inglaterra, Suíça e Portugal.

Junto com os alemães, Islândia, Polônia e Croácia foram para a Liga B.

Para saber como funciona a fase final da Liga das Nações, clique aqui.