<
>

Armani e Ospina brilham, e Argentina e Colômbia ficam no empate sem gols em amistoso nos EUA

As seleções de Argentina e Colômbia disputaram um amistoso de grande intensidade no MetLife Stadium, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, mas ninguém começou balançar as redes. E os grandes responsáveis pelo 0 a 0 foram os goleiros Franco Armani e David Ospina.

O duelo em território americano ficou marcado pela alta velocidade das duas equipes, que encontraram espaços nas defesas, mas não conseguiram chegar à rede adversária.

Três jogadores de equipes brasileiras estiveram na partida, mas apenas um, o volante colombiano Cuéllar, do Flamengo, esteve em campo. O atacante Chará, do Atlético-MG, ficou no banco da Colômbia, enquanto entre os reservas da bicampeã mundial figurou o zagueiro Kannemann, do Grêmio.

Mesmo sem Lionel Messi, que pediu para não ser convocado pelo técnico Lionel Scaloni, a "Albiceleste" tomou a iniciativa e esteve perto de marcar aos seis minutos do primeiro tempo, em bonito chute de Palacios, defendido por Ospina. Pouco depois, aos 14, Icardi ficou cara a cara com o agora goleiro do Napoli, que pegou outra.

Aos 27, foi Armani quem demonstrou suas habilidades. Cuadrado fez o desarme na intermediária de ataque e serviu Falcao, que tentou de longe e viu o goleiro se esticar no canto para espalmar no cantinho. Logo depois do intervalo, aos dois da segunda etapa, foi Muriel que chutou de longe, mas o camisa 1 da Argentina salvou.

A Colômbia cresceu depois do intervalo, enquanto a Argentina perdeu poder de fogo com as trocas. Aos 22 minutos, Quintero tocou por cima para Bacca, que limpou Armani, mas o goleiro se recuperou e roubou a bola do atacante para dar números finais à partida.