<
>

Imprensa argentina se impressiona com goleiro Jaílson, do Palmeiras: 'Boca bateu em uma parede'

play
'Palmeiras foi quase perfeito diante do Boca', diz Gian Oddi (3:23)

Comentarista enalteceu a atuação do time alviverde na vitória por 2 a 0 em La Bombonera (3:23)

A imprensa argentina ficou bastante impressionada com a atuação do Palmeiras na vitória por 2 a 0 sobre o Boca Juniors, na última quarta-feira, pela 4ª rodada fo grupo 8 da Libertadores.

Entre os jogadores que estiveram em campo em La Bombonera, quem mais chamou a atenção dos veículos de imprensa locais foi o goleiro Jaílson, que teve uma atuação perfeita e ajudou o "Verdão" a conquistar a vitória histórica em Buenos Aires.

O jornal Olé, por exemplo, destacou que o atacante Pavón, melhor jogador dos xeneizes na partida, até criou boas chances para colocar o Boca na frente ou empatar o placar, mas não conseguiu vencer o arqueiro brasileiro.

"O Boca se mostrou perigoso apenas nas jogadas de Pavón. No entanto, ele se chocou com o grande trabalho de Jaílson", elogiou o diário.

O La Nación foi outro que citou o duelo entre Jaílson e Pavón, com o palmeirense levando a melhor todas as vezes. O lance mais impressionante aconteceu aos 16 do segundo tempo, quando ele evitou gol certo do argentino com uma linda espalmada.

"O camisa 7 do Boca soltou um arremate furioso, mas Jaílson conseguiu tirar de maneira espetacular", exaltou.

Já o Clarín lembrou as boas defesas do goleiro palestrino após o "Verdão" abrir 2 a 0. O camisa 22 evitou que os donos da casa diminuíssem a desvatagem e partissem para o "tudo ou nada" no final para buscar a igualdade.

"Desde que construiu a vantagem, o Palmeiras se segurou bem, até porque o Boca bateu em uma parede chamada Jaílson", salientou o jornal.

Na zona mista de La Bombonera, Jaílson comemorou sua grande atuação e lembrou os gols anulados de Ábila e Tevez, que foram flagrados em impedimento pela arbitragem em duas ocasiões.

"Estou aqui pra ajudar. Vai fazer quatro anos que estou no Palmeiras e hoje pude ajudar meus companheiros mais uma vez. E nos gols que levamos, ainda bem que eles estavam impedidos, né?", brincou o arqueiro.

Com o resultado, o time comandado por Roger Machado vai a 10 pontos, na liderança absoluta da chave, e já está classificado para os mata-matas com duas rodadas de antecedência.

Isto porque o time argentino, que ficou com 5 pontos, ainda em 2º lugar, terá confronto direto contra o Junior-COL (3º colocado, com 3 pontos). Como um irá tirar pontos do outro, isso significa que ao menos um não alcançará os paulistas, que seguirão para os mata-matas ao menos como vice-líderes.

Na próxima rodada, o "Verdão" viaja para enfrentar o Alianza Lima, dia 3 de maio, às 21h30 (de Brasília). Um dia antes, às 19h15, o Boca visita o Junior.