<
>

A vida de rei de reserva de 20 anos do City, que já ostenta mansão de R$ 8,7 mi

Promessa das categorias de base, o zagueiro Abdul-Nasir Oluwatosin Adarabioyo está longe de ser a escolha preferida de Pep Guardiola para as partidas do Manchester City, mas isso não o impede de ter uma vida de rei na equipe azul.

Aos 20 anos de idade, "Tosin", como é chamado, renovou contrato recentemente com os Citizens até 2021 e teve um aumento considerável de salário, que o colocou com vencimentos de titular em vários outros clubes: 25 mil libras por semana, ou seja, R$ 436 mil por mês, fazendo as atuais conversões.

Isso tudo não sendo, muitas vezes, sequer convocado pelo técnico espanhol para os jogos do City. Na atual temporada, por exemplo, ele jogou duas vezes pela Copa da Inglaterra e uma pela Uefa Champions League, curiosamente na única derrota do ano, para o Shakhtar Donetsk-UCR.

Pela Premier League, ele nem entrou em campo e ficou no banco de reservas em duas oportunidades.

Com seu bom salário, Adarabioyo não ficou atrás de seus companheiros de Manchester City e comprou uma mansão de encher os olhos no condado de Cheshire, local onde diversos jogadores costumam morar, caso de Cristiano Ronaldo em seus tempos de United.

A casa, que lhe custou 2 milhões de libras (R$ 8,7 milhões), possui três andares, seis quartos e cinco banheiros.

E não é só isso: o defensor nigeriano naturalizado inglês ainda ostenta com academia, sala de cinema e até vistas panorâmicas espetaculares a um campo de golfe.

Enquanto vive bem fora de campo, Adarabioyo tenta brigar por um espaço no time do City. Além dele, a equipe de Guardiola tem como opções para a zaga Nicolás Otamendi, Vincent Kompany, John Stones, Jason Denayer e Eliaquim Mangala.