<
>

Andrés aponta defeito da base do Corinthians, diz o que Palmeiras faz e prevê 'revolução' em 2023: 'Vai revelar muito mais'

play
Vítor Pereira defende Rafael Ramos após acusação de Edenilson: 'Acredito nele e no que ele me disse' (0:38)

'Acho praticamente impossível que ele tenha tido o comportamento que o Edenílson disse que ele teve', falou o treinador do Corinthians (0:38)

Andrés Sanchez falou sobre o futuro das categorias de base do Corinthians e prevê aumento de receitas com a base


Sem papas na língua e dono de entrevistas ‘polêmicas’, Andrés Sanchez, antigo presidente do Corinthians, esteve no podcast De Lavada, do Youtube. Na entrevista, dentre diversos assuntos, o ex-mandatário corintiano falou sobre os trabalhos na categoria de base do Timão, que deve sofrer fortes mudanças num futuro próximo.

Nos últimos anos, equipes como São Paulo, Flamengo e Palmeiras têm dominado o cenário nacional com importantes revelações e negociações de jovens atletas ao futebol interno e também internacional. Na avaliação de Andrés Sanchez, a construção de um hotel para as categorias de base marcará uma ‘revolução’ na história do clube.

"A base do Corinthians tem um defeito. O hotel vai acabar acho que até o final do ano, meio do ano que vem. Quando tiver o hotel da base, você vai ver o que é revelar jogador muito mais do que hoje. Hoje não posso trazer jogador de 14, 15, 16 anos. Eu nunca trouxe. Na casa dos atletas tudo tem mais de 17 anos. Tem 16, 20 atletas lá”.

play
0:48

Rafael Ramos diz que está 'de consciência limpa': 'Foi um mal entendido entre eu e Edenílson'

Lateral do Corinthians falou sobre as acusações de injúria racial que sofreu

"Os outros times têm moleques de 14 anos morando no alojamento, porque nós não temos hotel. O Palmeiras aluga casas para colocar os meninos pra morar. Eu não vou fazer isso. Quando tiver o hotel pronto, o Duílio vai acabar o hotel, que é a única coisa que falta, aí vamos poder colocar 160 garotos lá dentro, com segurança, psicólogo, com tudo, aí vão vir muito mais jogadores", explicou o ex-dirigente.

De acordo com levantamento realizado pelo UOL, durante a gestão de Andrés Sanchez, entre 2018 e 2020, a base do Corinthians conquistou apenas dois títulos, número bastante inferior se comparado ao de gestões anteriores. Foram sete sob o comando de Roberto de Andrade e 17 na gestão de Mário Gobbi.

"O moleque de 14, 15 anos, que nosso scout vê lá em Belém, como que vou trazer o jogador pra cá? Vou trazer a família? Não dá para fazer isso. A base tem seus problemas, sou oriundo da base", finalizou.