<
>

São Paulo vende Marquinhos para o Arsenal e Tiago Volpi para o Toluca

Clube tricolor acertou as saídas de atacante e goleiro nesta sexta-feira (13)


O São Paulo acertou nesta sexta-feira (13) as vendas do atacante Marquinhos para o Arsenal, da Inglaterra, e do goleiro Tiago Volpi para o Toluca, do México. As informações foram dadas primeiro pelo pelos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi em seu canal no Youtube e confirmadas pela reportagem da ESPN.

Se a documentação ficar pronta a tempo, ainda nesta sexta, o jovem formado em Cotia sequer será relacionado para a partida contra o Cuiabá neste domingo (15), às 16h, no Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

O negócio envolvendo Marquinhos deve ser finalizado em 3,5 milhões de euros, cerca de R$ 18,4 milhões de acordo com a cotação atual - R$ 16 milhões ficarão com o time do Morumbi, que receberá o valor em duas parcelas iguais, uma agora e a outra até o final deste ano.

Os outros 500 mil euros, cerca de R$ 2,5 milhões, devem ficar com os intermediários da negociação.

Barato? Por que Marquinhos vai agora?

O São Paulo quer acelerar a venda de Marquinhos e a sua ida para a Inglaterra por alguns motivos. Primeiro, porque não tem uma boa relação com quem toma conta da carreira do atacante.

Segundo, pelo receio de que o atleta se machuque se seguir em atividade por aqui, o que poderia fazer o Arsenal, já em final de temporada na Europa, desistir da negociação.

E terceiro, porque o atleta assinou seu primeiro contrato profissional com o clube aos 16 anos, em 2019, por um prazo de cinco anos, algo permitido pela Lei Pelé. No entanto, a Fifa restringe que este vínculo inicial seja de no máximo três anos.

Assim, se forçasse uma situação e recorresse à entidade, Marquinhos e seu estafe poderiam conseguir uma liberação de graça, isto é, sem o São Paulo receber nada, já que o contrato na visão da Fifa só vale até julho deste ano.

Sempre segundo a dupla de jornalistas, o clube do Morumbi alega nos bastidores que tentou renovar o contrato com Marquinhos, mas jamais recebeu uma resposta de seu estafe e ainda soube que o mesmo já tinha conversas para assinar um pré-contrato com outra equipe.

Rogério Ceni falou por cima, na quinta (12), sobre uma possível saída do atacante logo após a vitória por 2 a 0 em cima do Juventude, na Arena Barueri, pela Copa do Brasil. “Do Marquinhos, ouvi dentro do CT alguma coisa que teria erro contratual, que teria uma chance de pegar um dinheiro neste momento, mas também não sou conhecedor da história”, disse.

Volpi no México

Já o goleiro Tiago Volpi, que perdeu o posto de titular da equipe para Jandrei após más exibições, está de saída para o Toluca por 1,5 milhão de dólares, cerca de R$ 7,7 milhões.

O São Paulo havia pedido 2,5 milhões de dólares, cerca de R$ 12,8 milhões, mas aceitou baixar a pedida diante da relutância dos mexicanos.

A saída de Volpi, de 31 anos e que tinha contrato até o fim de 2023, representa ainda um ‘alívio’ na folha salarial do clube, uma vez que o goleiro era um dos cinco maiores vencimentos do elenco atual.