<
>

Joia da base do Grêmio, Nathan Fernandes fecha parceria com Marcelo, do Real Madrid

Conheça a história de Nathan Fernandes, atacante da base do Grêmio


Considerado uma promessa da base do Grêmio, Nathan Fernandes pode ser o próximo a seguir os passos de Everton Cebolinha, Pepê, Douglas e outros nomes que foram seguir carreira na Europa. Com apenas 17 anos, o atacante natural de Campo de Goytacazes chama atenção pela habilidade, explosão física e boa finalização.

Após começar em uma escolinha chamada Pimpolho se destacar em um torneio no Rio de Janeiro, ele chamou atenção de diversos times, mas foi garimpado pelo Grêmio. Em seguida, passou a trabalhar com Rogério Garcia, empresário do ramo do agronegócio, que cuida da carreira do jovem e de outros atletas da base gremista.

“Eu conheci o Nathan por meio do Válber, ex-jogador do Mogi Mirim, Corinthians e Palmeiras, que me falou que tinha um garoto diferente na base do Grêmio. Depois disso, o Luis Humberto (ex-Coritiba) que trabalha comigo, foi observá-lo e gostou muito dele. E nós passamos a trabalhar juntos”, disse o agente ao ESPN.com.br.

O jovem, que defendeu as seleções brasileira de base até o começo da pandemia, já aos 16 anos estava na equipe sub-20 do Grêmio disputando o Campeonato Gaúcho.

“O curioso é que antes das partidas ele é muito fechado, não fala nada. Muito introvertido, mas dentro de campo se transforma”.

Nathan iria para a Copa São Paulo de 2022, mas sofreu uma lesão poucos dias antes da competição e não se recuperou a tempo para atuar pois o time gaúcho acabou eliminado de forma precoce.

No passado, ele assinou o primeiro contrato profissional de três anos com o Grêmio com multa de 40 milhões de euros (R$ 206,87 milhões), segundo Rogério.

De acordo com o agente, em novembro de 2021 começaram os primeiros contatos com o Ajax, por meio do scout Hans Van der Ze, que demonstrou interesse no jovem e passou a monitorá-lo.

Outro funcionário do Ajax veio ao Brasil para acompanhar várias promessas da Copa São Paulo, incluindo Giovanni (Palmeiras) e Nathan, que não jogou a Copa São Paulo.

“Ele veio acompanhado do [empresário] Pepe Dioguardi, que fez a tradução. Um diretor do Grêmio me ligou pra perguntar se havia recebido uma proposta do Ajax e disse que não, só havia contatos até agora”, afirmou Rogério.

O empresário afirma que já foi procurado por vários agentes e intermediários que estariam interessados em trabalhar o nome de Nathan para grandes clubes europeus.

“A gente tem os pés no chão e sabe que ele tem muito a mostrar dentro do Grêmio e temos uma expectativa muito interessante para 2022 pelas competições. A gente entende que na hora certa as coisas vão acontecer. Acreditamos que ele possa performar muito no Grêmio e ele está focado”, disse o agente.

Nesta semana, o empresário fez uma parceria com o grupo Doze, que pertence ao lateral Marcelo, do Real Madrid. A ideia é trabalhar a imagem do jogador na Europa. segundo o site "Minha Torcida", o camisa 12 merengue até o convidou para visitá-lo na Espanha nas férias.

"É um reconhecimento de todo um trabalho que venho realizando desde o início da minha carreira. Fico muito feliz com a oportunidade de ter minha imagem trabalhada na Europa pela empresa do Marcelo. Mesmo com a parceria e com as sondagens que venho recebendo, meu foco continua totalmente no Grêmio. Possuo o objetivo de defender as cores do clube no plantel profissional e tenho a certeza que essa valorização que venho recebendo só aumenta ainda mais a minha dedicação diária", disse Nathan ao site "Minha Torcida".