<
>

Fórmula 1 confirma 'minicorrida' para definir grid de largada em três etapas; veja como vai funcionar

A Fórmula 1 adotou por unanimidade um formato de "corridas classificatórias de sprint" de 100 quilômetros no sábado em três Grandes Prêmios nesta temporada, dois na Europa e um fora do Velho Continente, anunciou a F1 em um comunicado nesta segunda-feira (26).

"Estou muito feliz que todas as equipes tenham apoiado este plano e é uma prova de nossos esforços conjuntos para oferecer algo novo aos nossos fãs, garantindo que respeitamos o legado e a meritocracia do nosso esporte", comentou o CEO da F1, Stefano Domenicali.

"A F1 tem se mostrado mais forte do que nunca, com todos os acionistas trabalhando juntos e muito tem sido para garantir os aspectos esportivos, técnico e financeiro", acrescentou Jean Todt, presidente da Federação Internacional de Autombilismo (FIA).

"Na sexta-feira (30) haverá uma sessão de classificação após a primeira sessão de treinos livres (de uma hora, pela manhã), que determinará o grid de largada para as corridas de classificação de sábado", explicou. "Os resultados das corridas classificatórias de sábado determinarão o grid de largada para a corrida de domingo" de uma distância de cerca de 300 km.

Uma segunda sessão de treinos livres de uma hora também está programada para a manhã de sábado (1).

Além disso, "os três primeiros da corrida classificatória no sábado receberão pontos" no mundial de pilotos: três para o primeiro, dois para o segundo e um para o terceiro.

A partir das classificações na sexta-feira, as equipes não poderão mais modificar livremente seus carros.

Este acordo terá que ser ratificado agora pelo Conselho Mundial do Automobilismo, cuja próxima reunião está marcada para o dia 9 de julho, o que deve ser apenas uma formalidade.