<
>

Pietro Fittipaldi usará o número 51 na F1 e diz: 'Todo mundo sabe que o Palmeiras ganhou o Mundial'

play
'Fui pego de surpresa': Rafael Marques detalha entrada na final Palmeiras x Santos em 2015 (1:23)

Atacante conversou com exclusividade com o ESPN.com.br e detalhou a final entre Palmeiras e Santos, em 2015 (1:23)

A Fórmula 1 voltará a ter um piloto brasileiro no final de semana. Trata-se de Pietro Fittipaldi, que estará com o número 51 no carro da Haas.

Substituto de Romain Grosjean, o piloto, que é torcedor do Palmeiras, decidiu continuar com número que vem usando há algum tempo e também para celebrar a conquista da Copa Rio de 1951 - entenda aqui tudo sobre o Mundial que os paulistas buscam reconhecimento.

“Esse era o número de teste da Haas, desde que eu comecei a testar com ele. Quando a equipe perguntou para mim qual o número que eu queria usar neste fim de semana, decidi ficar com ele porque era o número que estava comigo desde o começo com eles. Vai ser um número de testes que vai subir comigo para o grid. E também sou palmeirense roxo e todo mundo sabe que, em 51, o Palmeiras ganhou o Campeonato Mundial!", disse o piloto, ao portal UOL.

Mesmo sendo nascido e sendo criado em Miami, nos Estados Unidos, ele não deixou de acompanhar o Palmeiras. A paixão pelo time paulista foi herdada do papai, Gugu Cruz.

"Sou palmeirense roxo desde pequeno, por influência do meu pai. Tem sido mais difícil acompanhar nos últimos anos, depois que eu mudei para a Europa (em 2013), mas quando eu estava nos EUA assistia a quase todos os jogos. Quando não conseguia achar na TV, via pela internet mesmo, naquele tempo real que fazem nos sites", completou.

Veja abaixo a troca de tweets entre o piloto e o Palmeiras.