<
>

Fórmula 1: Hamilton domina GP da Hungria, vence mais uma e assume liderança do Mundial

Lewis Hamilton é novamente o líder do Mundial de Pilotos da Fórmula 1. Neste domingo, o hexacampeão liderou o Grande Prêmio da Hungria de ponta a ponta e conquistou sua segunda vitória consecutiva na temporada, superando o companheiro de Mercedes, Valtteri Bottas, no topo da classificação.

O britânico, que já havia vencido o GP de Estíria, na Áustria, não foi incomodado em Mogyoród. Largando na pole, a 90ª de sua carreira, um recorde na categoria, ele só perdeu a primeira posição por um breve período em que foi aos boxes para troca de pneus. Fora isso, o domínio foi total.

A segunda colocação ficou com Max Verstappen, da Red Bull, que deu um susto antes mesmo da corrida começar, ao bater seu carro quando o levava ao grid de largada. Logo no início da prova, contudo, o holandês se mostrou recuperado, ganhando quatro posições, indo do sétimo para o terceiro lugar.

A largada, aliás, não foi boa para Bottas, que saiu em segundo, mas logo despencou para a sexta colocação. O finlandês, porém, fez ótima prova de recuperação e assegurou lugar no pódio, no terceiro posto, sem conseguir superar Verstappen em batalha na última volta.

Além da vitória, Hamilton ainda cravou a volta mais rápida da corrida - e da história do circuito -, chegando a 63 pontos com a bonificação, invertendo os cinco de vantagem na liderança do Mundial para Bottas, que era primeiro e agora tem o segundo posto, com 58.

A quarta colocação neste domingo foi de Lance Stroll, da Racing Point, que chegou a assumir a segunda posição logo na largada. O quinto foi Alexander Albon, da Toro Rosso, enquanto a Ferrari conseguiu só o sexto posto, com Sebastian Vettel, enquanto Charles Leclerc não ficou nem no top 10, no 11º lugar.

Entre os dois carros da escuderia italiana, ficaram, na ordem: Sergio Pérez (Racing Point), Daniel Riciardo (Renault), Kevin Magnussen (Haas) e Carlos Sainz Jr. (McLaren). Lando Norris, também da McLaren, que conseguiu dois bons resultados nas primeiras provas do ano, foi somente o 13º.

A Fórmula 1 retorna no dia 2 de agosto, para duas corridas seguidas em Silverstone, primeiro para o GP da Grã-Bretanha e depois para a prova de aniversário de 70 anos da categoria.

Veja como ficou o resultado do GP da Hungria de Fórmula 1:

1- Lewis Hamilton (Mercedes)
2- Max Verstappen (Red Bull): +8.702
3- Valtteri Bottas (Mercedes): +9.452
4- Lance Stroll (Racing Point): +57.579
5- Alexander Albon (Red Bull): +78.316
6- Sebastian Vettel (Ferrari): + 1 volta
7- Sergio Pérez (Racing Point): +1 volta
8- Daniel Ricciardo (Renault): + 1 volta
9- Kevin Magnussen (Haas): + 1 volta
10- Carlos Sainz (McLaren): + 1 volta
11- Charles Leclerc (Ferrari): + 1 volta
12- Daniil Kvyat (Alpha Tauri): + 1 volta
13- Lando Norris (McLaren): + 1 volta
14- Esteban Ocon (Renault): + 1 volta
15- Romain Grosjean (Haas): + 1 volta
16- Kimi Raikkonen (Alfa Romeo): + 1 volta
17- Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo): + 1 volta
18- George Russell (Williams): + 1 volta
19- Nicholas Latifi (Williams): +5 voltas
20- Pierre Gasly (Alpha Tauri): não terminou na corrida