<
>

Fórmula 1: McLaren terá nome de Ayrton Senna de forma permanente nos carros

Piloto brasileiro foi tricampeão mundial com a equipe britânica


A McLaren anunciou, nesta sexta-feira (27), que seus carros levarão, a partir de agora, o nome de Ayrton Senna, tricampeão mundial com a equipe britânica (1988, 1990 e 1991). A novidade foi revelada no GP de Mônaco, etapa em que o piloto brasileiro possui seis vitórias.

A marca e o nome do piloto, vítima de um acidente no GP de San Marino em 1994, foram inclusos de forma permanente na parte interna do halo do MCL36.

"Temos a honra de levar o nome de Ayrton Senna do GP de Mônaco em diante. Sua bravura, comprometimento e engenhosidade continuam a definir o padrão para nossa equipe até hoje. #SennaSempre", diz o anúncio da equipe nas redes sociais.

Vale lembrar que em fevereiro, a Williams removeu o nome de Senna de carros e macacões depois de 27 anos. Agora, o logotipo do brasileiro estará de volta ao grid da Fórmula 1.

Senna estreou na categoria em 1984 e passou por equipes como Toleman e Lotus antes de acertar com McLaren, onde foi protagonista de uma rivalidade histórica com o tetracampeão francês Alain Prost e faturou seus três títulos e 35 vitórias.

Dos 41 triunfos de sua carreira, seis foram no GP de Mônaco. Em 1994, Senna saiu da McLaren para ir para a Williams.