<
>

Com Carlos Santana, mas sem Rivaul: Como vem a seleção brasileira no jogo de Super Campeões

play
Fã de Oliver Tsubasa, do Super Campeões, Wallace relembra mundial com o Corinthians: 'Caramba, vim parar aqui' (0:49)

Nascido em Conceição do Coité, na Bahia, zagueiro disse que nunca imaginou isso (0:49)

Desde o seu lançamento, Captain Tsubasa: New of Champions vem deixando a comunidade de Super Campeões bem empolgada.

Jogo de futebol que também mescla elementos de luta, o novo título da Bandai Namco conta com o Brasil entre as seleções disponíveis - que, inclusive, é um dos times secretos no game e são precisos alguns “macetes” para conseguir o seu desbloqueio.

Até mesmo pelo sucesso que o desenho animado teve no Brasil na virada dos anos 2000, muito se pergunta sobre quais são os jogadores que compõem a seleção em Captain Tsubasa: New of Champions.

Por isso, o ESPN Esports Brasil destrinchou o time pentacampeão mundial para você ficar por dentro dos nomes convocados - e até relembrar quem foi resgatado do mangá ou então do anime. Essa parte sobre referências contou com a colaboração da Laura Gassert, editora-assistente da JBox.

CONTEXTO

É importante ressaltar que Captain Tsubasa: New of Champions procura ser muito fiel ao universo de Super Campeões mesmo sendo uma nova releitura da história sobre Oliver Tsubasa e sua trajetória para ser campeão do mundo.

Com isso, o game foca apenas no arco juvenil. Portanto, as seleções nacionais que estão presentes são da categoria sub-17. O contexto é importante para situar o fã mais nostálgico que vai logo atrás de Rivaul, um dos nomes brasileiros mais famosos do desenho, e acaba se frustrando pela ausência dele.

O personagem que faz alusão a Rivaldo não está presente, pelo menos por enquanto, em Captain Tsubasa: New of Champions, assim como outros nomes de destaque como o meia Pepe e o goleiro Salinas. Até mesmo Casa Grande, clara referência a Casagrande, ficou de fora.

A Bandai já anunciou uma DLC com nove personagens inéditos, então talvez Rivaul - que foi companheiro de equipe pelo Catalunha (equipe fictícia do Barcelona) - possa ainda ser adicionado no game se o título abordar os arcos seguintes de Tsubasa tendo em vista a Copa do Mundo.

DO DESENHO PARA O JOGO

Captain Tsubasa: New of Champions traz apenas três nomes que já fizeram parte da história de Super Campeões. O nome de destaque é Carlos Bara, posteriormente chamado de Carlos Santana - o nome que mais pegou no Brasil. O atacante atuou pelo Flamengo e depois se transferiu para o Valencia, da Espanha.

Alberto é outro nome presente no game. Zagueiro e capitão da seleção brasileira, o defensor é um personagem vindo do mangá. Por fim, Luciano Léo completa a lista de referências. O meia é companheiro de Carlos Santana no Flamengo.

A SELEÇÃO BRASILEIRA

O Brasil é o segundo time mais forte do jogo de Super Campeões. Com 1919 pontos, a equipe só fica atrás dos Estados Unidos (2003 pts). Como já demonstrado, só é possível habilitar a seleção brasileira por meio de “macetes” após zerar a campanha de Captain Tsubasa: New of Champions.

O time vem com a formação “4-4-2” em estilo losango. Ao todo, são 18 atletas, sendo: 2 goleiros; 6 defensores; 5 meio-campistas; e 5 atacantes.

PRINCIPAIS NOMES

Quatro jogadores são os destaques da Canarinho no game. O personagem mais forte, contudo, não é Carlos Santa. Quem ocupa esse posto é o goleiro Keizinho, que tem 135 de overall. Ele se destaca principalmente em dois atributos: defesa (91) e técnica (92).

Logo em seguida, o jogador mais valioso do Brasil é Alberto. O zagueiro tem média de 133, sendo que defesa (90) e potência (90) são os principais pontos fortes. Ele é um jogador tão completo que é possível colocá-lo para atuar como volante - o que facilita na interação com Carlos Bara, já que os dois possuem um combo especial de chute duplo.

Agora sim, Carlos Bara. O atacante tem 132 de overall e conta com impressionantes 98 de ataque. O jogador ainda possui técnica (96) e potência (94) como grandes virtudes.

E, por fim, Luciano Léo com médias “apenas” de 100. A técnica (92) é o seu principal ponto forte, seguido pelo atributo de ataque (89).

NOMES INTERESSANTES

A seleção brasileira naturalmente conta com outros personagens bem avaliados. São nomes sem tanto prestígio, mas que conseguem se destacar dentro do campo virtual.

Na defesa, o goleiro Miranda (105) e o zagueiro Costa (113) se destacam. O setor ainda conta com Senna (94) - ou Cena, há um bug e os dois nomes aparecem. Ele é o defensor mais fraco dentre todos, mas é menção honrosa em função da clara homenagem ao piloto brasileiro de Fórmula 1.

Já no meio de campo, Arthur (105) pode servir como grande opção na volância. No ataque, Batista (110) faz boa dupla com Carlos Santana.

ELENCO

- goleiros

  • Keizinho - 135

  • Miranda - 105

- defensores

  • Alberto - 133

  • Costa - 113

  • Mendes - 99

  • Enzo - 99

  • Carvalho - 97

  • Senna (Cena) - 94

- meio-campistas

  • Arthur - 105

  • Lucas - 104

  • Salgado - 101

  • Luciano Léo - 100

  • Moraes - 98

- atacantes

  • Carlos Bara - 132

  • Batista - 110

  • Neves - 102

  • Bernard - 96

  • Gustapo - 96

TIME TITULAR

RESERVAS