<
>

MIBR perde para cloud9 e não avança para IEM; FaZe se classifica na Europa

MIBR não conseguiu se classificar para final mundial do Intel Extreme Masters HLTV.org

O Brasil não terá nenhuma equipe representando o País na final mundial da 14ª temporada do Intel Extreme Masters (IEM) de Counter-Strike: Global Offensive.

Único time ainda com chances de se classificar, o MIBR não conquistou a vaga. Na madrugada desta sexta-feira (10), FalleN e companhia caíram diante cloud9 na decisão da seletiva norte-americana.

Mais isso não quer dizer que o País não estará presente no torneio. Pelo menos um jogador conseguiu se classificar. Estamos falando de coldzera, que ajudou o FaZe Clan a conquistar uma das três vagas destinadas à Europa.

CONFRONTOS FINAIS DA SELETIVA NORTE-AMERICANA

Duas séries separavam o MIBR da final mundial do Intel Extreme Masters. O primeiro desafio foi diante compLexity. O duelo começou tranquilo, com o time liderado por FalleN vencendo a Mirage sem muita dificuldade por 16 a 7. O mesmo não aconteceu na Inferno, mapa no qual a equipe brasileira saiu vitoriosa por 28 a 25 depois de quatro prorrogações.

A vitória levou o MIBR para a final da seletiva, na qual cloud9 entrou com vantagem no placar de 1 a 0 por ter se classificado sem ter ido para a repescagem. O duelo começou animado com os brasileiros vencendo Train por 16 a 13. Mas foi só. Nos mapas seguintes, c9 foi dominante e fechou a série em 3 a 1 após vitórias na Overpass por 16 a 4 e na Inferno por 16 a 12.

O MIBR não foi o único time brasileiro que tentou a sorte na seletiva norte-americana. Furia e INTZ também disputaram o classificatório. Os Panteras foram eliminados logo no primeiro dia do torneio, após derrotas sofridas para Chaos e Gen.G. Já os Intrépidos caíram para o time de FalleN, na semifinal da repescagem.

CLASSIFICAÇÃO DO FAZE

A equipe de coldzera só precisou de duas séries para carimbar presença na final mundial do IEM.

FaZe estreou contra os poloneses do Arcy, os quais venceu por 2 a 0 após 16 a 14 na Nuke e 16 a 12 na Dust 2. A vítima no duelo valendo a vaga foi o Ence. Esse confronto foi um pouco mais duro. Coldzera e companhia venceram o primeiro mapa, Mirage, por 16 a 10, mas na Dust 2 acabaram perdendo por 16 a 12. Na Nuke, o time do brasileirou voltou a ser superior e venceu por 16 a 12.

IEM

A final mundial da 14ª temporada do Intel Extreme Masters (IEM) está marcada para ser disputada de 25 de fevereiro a 1º de março, em Katowice, na Polônia, com a participação de 16 equipes e premiação de US$ 500 mil.

100 Thieves, Astralis, Evil Geniuses, fnatic, mousesports, Natus Vincere, Ninjas in Pyjamas, Team Liquid, Team Vitality e Virtus.pro foram as equipes convidadas pelo comitê organizador.

Das seis vagas disponibilizadas para as seletivas, quatro já foram preenchidas: FaZe e G2 na Europa, cloud9 na América do Norte e ViCi na Ásia. Os últimos dois classificados saíram do cenário europeu e da Oceania.