<
>

Red Canids define DeStiNy como o substituto de pesadelo

Destiny voltar a atuar no Brasil em 2020 HLTV.org

Após passar todo 2019 competindo fora do País vestindo a camisa do INTZ, DeStiNy está de volta ao Brasil. O jogador fechou com a equipe de Counter-Strike: Global Offensive da Red Canids Kalunga, conforme revelou a organização nesta quinta-feira (9).

O ex-Intrépido ingressa na Matilha para ocupar a vaga que era de pesadelo, colocado na reserva em dezembro passado após a péssima campanha da equipe na quarta edição da Gamers Club Masters. O suplente, inclusive, não ficará parado já que foi emprestado para Team oNe, conforme noticiado pelo Globo Esporte.

Apesar de atuar desde 2015 e ter competido no exterior por duas vezes, DeStiNy é considerado uma das joias do Counter-Strike brasileiro. O jogador de 22 anos, em 2018, foi reconhecido como o melhor atuando em solo brasileiro.

DeStiNy estava sem atuar desde novembro, quando foi colocado na reserva pelo INTZ. Vestindo a camisa alvinegra, nesta temporada, o jogador disputou o segundo Major do ano, o StarLadder Berlim pouco antes de ir para o banco. Epecula-se que a saída do atleta aconteceu por conta dos problemas com a obtenção de visto que o percegue há mais de dois anos.

A contratação do ex-INTZ é mais um grande investimento que a Red Canids faz no Counter-Strike. Em agosto, para a disputa do então criado circuito Clutch, a Matilha assinou com dois ex-MIBR, nak e fnx - dupla esta que em 2006, ainda na era do 1.6, conquistou o primeiro mundial para o Brasil.