<
>

São Paulo segura empate com Cruzeiro e coroa chegada à elite do futebol feminino com título da A2 do Brasileiro

O São Paulo é campeão da série A2 do Brasileiro feminino. O Tricolor Paulista já tinha vencido o Cruzeiro na partida de ida no Pacaembu por 4 a 0 e no Estádio das Alterosas em Belo Horizonte, os times empataram por 1 a 1, sagrando o time paulista campeão.

Duda, camisa 10 do time celeste, marcou o primeiro gol do jogo. Ottilia marcou o gol que deu o empate ao São Paulo e com a vitória larga no primeiro jogo, o time administrou o resultado para levantar o caneco da Série A2 do Brasileiro Feminino. Lembrando que os quatro semifinalistas já estavam garantidos na primeira divisão.

O São Paulo já estava garantido na elite do Brasileiro quando se classificou para as semifinais, ao lado de Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio.

O título tem relação com o investimento que o time tem feito no feminino. Após um período de inatividade, o clube promoveu uma peneira, em outubro do ano passado, para a contratação de jogadoras para a equipe.

Além disto, o São Paulo conta com uma base vitoriosa: o sub-17 é bicampeão Paulista. Algumas jogadoras da base foram para o time principal.

O Tricolor balançou o mercado da bola ao ter anunciado a contratação de Cristiane no início de 2019, que retornou ao Brasil após anos atuando no futebol chinês e trouxe ainda mais visibilidade para o clube.

Vale lembrar que o São Paulo teve uma jogadora convocada pela técnica Pia Sundhage para a seleção brasileira. Com apenas 17 anos, Yaya foi um dos destaques nesta temporada e vestirá a camisa verde amarela pela primeira vez.

O clube também tem sido presente nas redes sociais, publicando no perfil principal todas as notícias sobre o feminino, o que faz com que o torcedor sinta-se mais perto da equipe.