<
>

Pia Sundhage convoca jogadora do São Paulo de 17 anos, dá esperanças de renovação, mas pede paciência

Pia Sundhage fez a primeira convocação da seleção brasileira, visando os amistosos do Torneio Uber, que acontecem nos dias 29 de agosto e 1 de setembro.

A maioria das jogadoras são veteranas, mas Pia convocou uma grande novidade. Yaya, volante do São Paulo tem 17 anos e vestirá a camisa da seleção principal pela primeira vez. É a mais jovem convocada pela técnica, que foi muito questionada na coletiva de imprensa sobre renovação.

A sueca afirmou que concorda ser uma equipe antiga, mas que por outro lado, quer dar a elas uma segunda chance, aproveitando para pedir tempo para acompanhar as jogadoras e entender o nível que o Brasil tem. “Temos jogadoras nos EUA, Noruega, vou para os EUA assistir jogos, ou para a Europa, e vou dar uma olhada nas jogadoras mais jovens também”, garantiu a técnica.

Ela também acredita ser um erro pegar jogadoras mais jovens por ainda precisarem de muitas mudanças. A começar pelas equipes sub-20 e sub-17, que tiveram a comissão técnica anunciada também na coletiva de imprensa.

Na sub-20, quem comanda será Jonas Urias dos Santos e Jéssica Lima, do Rio Preto. O preparador físico ainda será anunciado. Já na 17, assumem Simone Gomes Jatobá e Lindsey Camila, como auxiliar. Maravilha será a preparadora de goleiras, primeira mulher a assumir esta posição.

Para Pia, também é importante a convocação de mais jovens para que as outras vejam que também podem ter oportunidade e se inspirem. “Essa é uma mensagem que passo com a Yaya”, disse. E completou: “Entendo a ansiedade, mas peço paciência”.

QUEM É YAYA?

Vitória começou a jogar futebol aos 12 anos pelo Centro Olímpico e passou a ser conhecida como Yaya justamente por conta do jogador marfinense, Yaya Toure.

Yaya já passou pela seleção-17 e comemorou a convocação para a seleção principal: “É um momento sem explicação, nunca imaginei, ainda mais com apenas 17 anos. Estou muito feliz, indo para brigar por espaço, para mostrar o que sei fazer de melhor, mostrando que mereço ter essa oportunidade de mostrar meu trabalho, independentemente da minha idade. É uma realização”, disse para o site oficial do São Paulo.

A volante está desde 2017 na base do São Paulo e já conquistou dois títulos do Paulista sub-17 e tem contrato de formação com o time do Morumbi até 2020. Ela foi responsável por um dos 4 gols do São Paulo no jogo contra o Cruzeiro, válido pela partida de ida da final da série A2 do Brasileiro.