<
>

Olimpíada: Branco explica convocação de Pedro para Tóquio mesmo sem aval do Flamengo

play
Branco justifica convocação de Pedro para a Olimpíada mesmo sem aval do Flamengo: 'Tem uma vontade enorme de disputar' (1:07)

Jogador foi convocado nesta quinta-feira para a disputa da Olimpíada (1:07)

Nesta quinta-feira, o técnico da seleção brasileira olímpica, André Jardine, convocou os 18 nomes que levará aos Jogos Olímpicos de Tóquio, entre julho e agosto.

Como mostrou a reportagem nos últimos dias, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) enfrentou muitas dificuldades nas liberações de atletas, já que os Jogos Olímpicos não acontecem em data Fifa, e, portanto, os times não são obrigados a cederem seus jogadores.

Um dos principais nomes que teoricamente estavam barrados era o do atacante Pedro, do Flamengo. A diretoria rubro-negra não deu o "OK" para a ida do centroavante ao Japão, mas Jardine chamou o matador mesmo assim.

Em coletiva logo após a convocação, o coordenador das seleções de base, Branco, afirmou que Pedro é "determinante" no processo olímpico e ressaltou que a CBF quer a presença do camisa 9 em Tóquio de qualquer forma.

"A gente trabalha visando a questão técnica e queremos escolher os melhores. O Flamengo tem uma posição (sobre a liberação), e nós, tecnicamente, temos outra", afirmou.

play
1:29

Com Daniel Alves, André Jardine convoca seleção brasileira para a disputa da Olimpíada de Tóquio

O zagueiro Diego Carlos, do Sevilla, e o goleiro Santos, do Athletico-PR, também aparecem na lista para os Jogos Olímpicos

"O Pedro é determinante nesse processo olímpico. É um jogador que se destacou com três gols nas últimas partidas. Tem uma vontade enorme de defender o Brasil", seguiu.

"Respeitamos os clubes, mas a nossa mentalidade é de escolher os melhores. No pensamento do André (Jardine), o Pedro está entre os melhores nomes do Brasil no momento", completou.

A preparação da seleção começa dia 1º de julho, na Academia de Futebol, o centro de treinamentos do Palmeiras. Depois, a delegação viaja a Doha, no Catar, e se desloca para o Japão no dia 15 de julho.

O torneio de futebol da Olimpíada começa em 21 de julho e vai até 7 de agosto, período em que os atletas desfalcarão seus clubes tanto no Brasil quando na Europa.

O Brasil está no grupo D da competição, ao lado de Alemanha, Costa do Marfim e Arábia Saudita.

A estreia será dia 22 de julho, contra a Alemanha, em Yokohama. Três dias depois, em 25 de julho, a equipe canarinho pega Costa do Marfim, novamente em Yokohama. A fase de grupos será fechada contra a Arábia Saudita, dia 28 de julho, em Saitama.

O Brasil é o atual campeão olímpico, tendo levado a medalha de ouro nos Jogos do Rio 2016.

Veja os convocados

Goleiros

Brenno (Grêmio)
Santos (Athletico-PR)

Laterais

Daniel Alves (São Paulo)
Gabriel Menino (Palmeiras)
Guilherme Arana (Atlético-MG)

Zagueiros

Diego Carlos (Sevilla)
Gabriel Magalhães (Arsenal)
Nino (Fluminense)

Meio-campistas

Bruno Guimarães (Lyon)
Claudinho (Red Bull Bragantino)
Douglas Luiz (Aston Villa)
Gerson (Flamengo)
Matheus Henrique (Grêmio)

Atacantes

Antony (Ajax)
Malcom (Zenit)
Matheus Cunha (Hertha Berlin)
Paulinho (Bayer Leverkusen)
Pedro (Flamengo)