<
>

UFC: Dana White ameaça demitir quem repetir erro de Dan Hardy

O desentendimento entre Dan Hardy e Herb Dean, ocorrido no último sábado (25), durante o quarto evento promovido pelo UFC na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), deve ficar marcado como o último deste tipo, entre um comentarista e um árbitro, em shows do Ultimate. Pelo menos é o que espera Dana White.

Em entrevista coletiva realizada em Las Vegas (EUA) nesta sexta-feira (31), o presidente do UFC foi direto ao abordar a situação. De acordo com Dana, qualquer funcionário do Ultimate que confronte um árbitro, um juiz ou alguma outra autoridade responsável pelos combates, será demitido imediatamente por ele, sem a possibilidade de voltar a trabalhar na principal organização de MMA do mundo no futuro.

“Algo aconteceu na noite passada em Abu Dhabi também, onde (Marc) Goddard foi empurrado. Eu quero deixar isso bem claro: se você trabalha para mim, e você abordar um juiz ou um árbitro ou qualquer tipo de oficial, eu vou demitir você. Você vai perder seu emprego. Você nunca mais vai trabalhar para mim novamente se você fizer isso”, decretou Dana White, citando o incidente no qual o árbitro Marc Goddard foi empurrado por um lutador em um evento realizado nos Emirados Árabes Unidos recentemente.

“Ninguém tem o direito (de abordá-los). Escute, você quer criticar os juízes, você quer criticar árbitros, você não concordou com uma decisão ou algo do tipo. Nós amamos Dan (Hardy), e Dan se emocionou. O problema é que com essa configuração, é muito mais fácil fazer isso. É muito mais fácil interagir com todo mundo. Dos lutadores, aos árbitros, à mídia e todo mundo. Se você trabalha para mim em qualquer função e você abordar um árbitro ou juiz ou qualquer oficial, eu vou demitir você na hora. Isso nunca mais pode acontecer de novo”, cravou o dirigente.