<
>

UFC: Após nocautear Anderson, Blachowicz destaca força mental para vencer revanches

No último sábado (15), Jan Blachowicz deu um grande passo para chegar mais perto de uma disputa de cinturão dos meio-pesados (93 kg) do UFC diante do campeão Jon Jones. O polonês, que atualmente é o sexto do ranking da categoria, nocauteou Corey Anderson, ainda no primeiro round de disputa, na luta principal do UFC Rio Rancho. Com esse resultado, o lutador se vingou da derrota sofrida diante do americano, em 2015, e confirmou a fama de ser impecável em revanches na carreira.

Antes de superar Anderson, Blachowicz já havia vencido Jimi Manuwa e Rameau Thierry Sokoudjou, também em segundas apresentações após ser derrotado na primeira. Questionado o motivo de sempre se superar em uma revanche, o polonês, na coletiva de impresa do evento, admitiu que se prepara melhor, além de um fator psicológico.

“Acho que é algo da minha cabeça. Quando enfrento alguém pela segunda vez, não apenas dentro do octógono, mas também nos treinamentos, sempre me apresento melhor. Acho que é alguma mudança mental mesmo. É uma sensação incrível. Eu venci o cara que me venceu na primeira luta. Para vencer alguém que me destruiu na primeira luta dessa maneira, é incrível. Como disse antes: mesmo rival, história diferente”, disse, em trecho transcrito pelo site ‘MMA Junkie’, antes de completar sobre o jogo do seu último rival.

“É difícil dizer (o quanto ele mudou) porque foram apenas três minutos da luta. Mas eu sabia que seria um Corey diferente, e eu também seria diferente, porque foi há cinco anos e tudo mudou. Antes da luta eu tinha falado que venceria no segundo round, com uma mão esquerda ou direita. Mas foi no primeiro, está bom”, finalizou o europeu.

Jan Blachowicz soma sete vitórias, sendo três consecutivas, e apenas um revés em seus últimos oito confrontos. Sua única derrota neste período veio pelas mãos do brasileiro Thiago ‘Marreta’, em fevereiro de 2019, quando foi nocauteado no terceiro round. Nesta sequência positiva, o polonês também superou Luke Rockhold e Ronaldo ‘Jacaré’.