<
>

Exclusivo - Tostão projeta Ceni como técnico de primeiro nível, avalia 'casamento' com Cruzeiro e questiona elenco

Um dos maiores ídolos da história do Cruzeiro, Tostão acredita que Rogério Ceni tem tudo para fazer um grande trabalho na equipe mineira. O treinador de 46 anos, que assinará um vínculo até o final de 2020 com o clube, será apresentado na Toca da Raposa II nesta terça-feira. O técnico deixou o Fortaleza, com o qual tinha contrato até o fim deste ano, para assumir o lugar deixado por Mano Menezes.

"Foi uma contratação positiva por vários motivos. Pelo jogador que foi, pela preocupação que tinha com a estratégia de jogo quando era goleiro e pelo trabalho que fez no Fortaleza. Temos informações de que ele faz treinamentos muito modernos e dá pra ver em campo algumas coisas. Tem ótimas chances de crescer e se tornar um técnico de primeiro nível no futebol brasileiro. Ainda não é, mas acho que ele já está preparado para isso. Creio que tem boas chances de ser bom para o Cruzeiro e para ele. Desejo muito sucesso para ele", disse Tostão em entrevista exclusiva ao ESPN.com.br.

O ex-jogador e colunista do jornal Folha de S. Paulo acredita que a mudança no comando poderá ter um efeito positivo na equipe.

"O torcedor do Cruzeiro gostava do time do Mano em partes. Era uma equipe eficiente, mas quando não ganhava era alvo de muitas críticas por fazer um jogo extremamente seguro e se preocupar muito com a marcação e não dar espaço ao adversário. O Mano reconhecia isso e saiu", analisou.

Tostão afirma que o time celeste precisava trocar o estilo de atuação para sair da crise.

"Ele tem um estilo de jogo que já demonstrou que gosta de um futebol mais agressivo e com mais pressão ao adversário. Ter a bola, ser mais rápido e tomar a iniciativa. São coisas que o torcedor do Cruzeiro quer ver. Não é achar que estava tudo errado, ao contrário. É que chegou a um ponto que o trabalho esgotou e desgastou o próprio Mano Menezes, que achou que não tinha mais condições para fazer mais do que fez."

No Fortaleza, o treinador conquistou durante pouco mais de um ano e meio o acesso para a Série A e também o título da Série B em 2018 e ainda faturou o Cearense e a Copa do Nordeste de 2019.

"Quando ele começou no São Paulo, havia uma crítica correta de que deveria ter começado com um time inferior. Ele foi depois ao Fortaleza e foi muito bem. Agora, volta a um time do mesmo nível do São Paulo, que está no primeiro nível do futebol brasileiro. Ele terá mais condições no Cruzeiro do que tinha quando dirigiu o São Paulo. Ele dá a impressão que será um ótimo técnico, mas ainda não temos certeza. Veremos como será a evolução da carreira dele daqui para frente no Cruzeiro. A possibilidade é grande e há um otimismo grande."

Para Tostão, o novo treinador terá alguns desafios para recuperar a equipe celeste.

"Escuto todos os dias que o Cruzeiro tem um elenco excepcional, mas não é bem assim. O Cruzeiro tem deficiências no elenco e o Rogério certamente vai querer reforços para facilitar o trabalho dele."

O Cruzeiro perdeu a primeira semifinal da Copa do Brasil em casa para o Internacional por 1 a 0. Agora, precisará reverter o placar no Beira-Rio para sonhar com o tricampeonato do torneio. No Campeonato Brasileiro, a equipe celeste está na zona de rebaixamento (17ª posição), com 11 pontos.

"Acho que o momento é muito bom para o Cruzeiro e o Rogério. O time está mal, mas pode crescer e evoluir bastante ainda e voltar a conquistar títulos", finalizou.