<
>

Torcedor dos Dolphins e fã de Alex Rodriguez, Manny Machado garante que não sente pressão por contrato de R$ 1,2 bilhão

play
Papo Antunes: Manny Machado fala sobre pressão por contrato milionário e relembra raízes dominicanas (0:58)

Programa completo com o astro do San Diego Padres está disponível no WatchESPN (0:58)

Convidado da quarta edição do Papo Antunes, Manny Machado, astro do San Diego Padres, abriu o jogo sobre o momento de sua carreira, falou sobre seu contrato de 300 milhões de dólares (R$ 1,22 bi), o quarto maior da história da MLB, e ainda revelou quem foram seus ídolos no esporte.

O camisa 13 fez questão de ressaltar que não quer só conseguir prêmios pessoais quer ajudar os companheiros a melhorarem seus jogos também.

“Acho que a gente ganha o que merece. A gente vai lá e aproveita o jogo. Agora é ir lá e aproveitar, jogar, fazer os caras ao meu redor melhores, fazer os caras ao meu redor entenderem o jogo mais rápido. Temos um time muito jovem aqui, então eles ainda estão aprendendo o processo. Me ter por perto, meio que ensinando pequenas coisas para eles melhorarem e colocá-los em um novo nível, é basicamente no que eu estou focado”, explicou o shortstop dos Padres.

Afastando qualquer tipo de pressão, o jogador garantiu que acha justo o valor que recebe em seu contrato e que não vê problemas em ser um dos líderes da equipe.

Além disso, Machado falou sobre a mudança de estilo da free agency, que agora tem mais franquias dispostas a pagar altos valores nos contratos com as estrelas e que, em diversos casos, as negociações acabam se arrastando até a pré-temporada da MLB.

“Claro que são mudanças. Os proprietários (dos times) estão dando mais ênfase em ter um entrosamento interno. Mas acho que, no final das contas, os jogadores merecem o que merecem como jogadores. A gente produz lá no campo, damos 100% todos os dias, vivemos no campo pelas franquias, então o mínimo que eles podem fazer é dar o que merecemos”, disse o jogador.

Criado na Flórida e torcedor do Miami Dolphins, Manny tem o lendário quarterback Dan Marino como um dos seus ídolos do esporte. Contudo, ele admitiu que só usa a camisa 13 hoje em dia por causa de Alex Rodriguez, que fez seu nome na MLB com o New York Yankees.

Dono de duas Gold Gloves (2013 e 2015), Machado revelou que seu grande objetivo agora é vencer uma World Series. Após ficar com o vice pelo Los Angles Dodgers em 2018, ele admitiu que ainda não digeriu bem a derrota por 4 a 1 na decisão contra o Boston Red Sox.

“Quero vencer uma World Series. No ano passado nós ficamos no 'quase', e isso realmente me pegou. Chegar lá é tão difícil, mas vencer é muito mais difícil. Então eu quero voltar lá. Voltar à World Series, quero ganhar um anel”, completou.