<
>

Marquinhos admite erros contra o Japão, mas vê seleção 'cada vez mais pronta' para Copa do Mundo

play
Seleção: Neymar é destaque da partida, faz belo gol e garante vitória do Brasil contra o Japão; VEJA (0:40)

Amistoso foi pegado, recheado de faltas e terminou 1 a 0 para a Canarinho (0:40)

Brasil venceu o Japão por 1 a 0 nesta segunda-feira (6) em amistoso preparatório para o Mundial do Qatar


A seleção brasileira superou o Japão por 1 a 0, em amistoso realizado no país asiático, na manhã desta segunda-feira (6). O único gol da partida foi marcado por Neymar, de pênalti, aos 30 minutos do segundo tempo.

Após o apito final, o capitão Marquinhos analisou a vitória brasileira. Para ele, o time cometeu alguns erros e teve uma atuação melhor na última semana, quando atropelou a Coreia do Sul por 5 a 1 em outro teste para a Copa do Mundo do Qatar.

‘’Era esperado um confronto mais difícil. Creio que a nossa atuação no jogo passado foi melhor, o que acabou facilitando o nosso jogo passado. Hoje no começo acabamos errando alguns passes e cometemos alguns erros que deram confiança para a seleção do Japão. A bola e o campo estavam rápidos. Foi um jogo muito bom para a gente, um teste mesmo, com dificuldades, contra uma equipe que está pronta para o Mundial e que pode ser um de nossos adversários'', disse o zagueiro antes de completar:

''Um bom teste e o resultado está aí. Às vezes não é um resultado brilhante, mas temos que saber que é um jogo como se fosse Copa do Mundo e Copa do Mundo às vezes temos que ganhar de 1 a 0 para avançar para a próxima fase. Essa é a mentalidade'', afirmou em entrevista ao Sportv.

O zagueiro do PSG falou ainda sobre o atual momento da seleção, que não perde há 13 jogos e é líder eliminatórias com 35 pontos.

‘’(A seleção) está cada vez mais pronta (para a Copa do Mundo). Os resultados estão aí, a classificação nas eliminatórias e os amistosos que a gente vem enfrentando. Cada vez mais sabemos que temos que tirar alguma coisinha a mais para ir evoluindo, e o professor vai fazendo os testes que ele tem que fazer. E a gente dentro de campo vai sempre fazendo o nosso melhor para seguir confiante, ganhar uma boa sequência, porque sabemos que confiança não pegamos e largamos quando queremos. Aproveitar que o momento está bom e segurar a confiança para chegar bem para a Copa do Mundo'', afirmou.