<
>

Destaque do UFC aposta em vitória de Pantoja na defesa do cinturão e alfineta rival: 'Não sabe lutar'

Alexandre Pantoja ergue o cinturão dos pesos mosca do UFC Chris Unger/Zuffa LLC via Getty Images

No dia 16 de dezembro, Alexandre Pantoja tenta realizar sua primeira defesa de cinturão entre os pesos-moscas (57 kg) contra um velho conhecido: Brandon Royval. No primeiro encontro entre os dois, em agosto de 2021, quem levou a melhor foi o brasileiro, que finalizou o americano via mata-leão no segundo round. Na revanche, agendada para o UFC 296, em Las Vegas (EUA), o desfecho pode ser o mesmo. Ao menos é nisso que acredita Manel Kape.

Em recente participação no podcast ‘Believe You Me’, o lutador angolano, número 8 do ranking, apostou suas fichas em Pantoja. E o palpite de Kape tem um valor simbólico, já que o peso-mosca já dividiu o octógono com o brasileiro em sua estreia no Ultimate, em fevereiro de 2021. Na ocasião, o atleta de Arraial do Cabo venceu Manel na decisão unânime dos juízes.

“Pantoja, definitivamente. Sem dúvidas (ao ser questionado sobre quem venceria a luta). Pantoja é mais consistente que ele, mas o Brandon Royval é imprevisível. Esse cara não é tão técnico, mas ele lança umas coisas estranhas. Ele é selvagem. Prefiro uma luta com alguém que saiba lutar do que contra alguém que não saiba. Quando olho para o Brandon Royval, vejo alguém que não sabe lutar”, opinou o peso-mosca da Angola.

Revanche com Matheus Nicolau

Embalado por quatro vitórias consecutivas no UFC, Manel Kape terá a chance de vingar justamente seu último revés na liga. No dia 13 de janeiro de 2024, o angolano mede forças com Matheus Nicolau. No primeiro duelo entre os dois, em março de 2021, o brasileiro levou a melhor na decisão dividida dos juízes após um combate parelho.