<
>

Gaethje volta a pedir luta contra 'Do Bronx' no Brasil e dispara: 'Quero lutar no caos, com o público gritando que vou morrer'

play
UFC 270: Deiveson Figueiredo leva a melhor em 'bombardeio' contra Moreno, vence trilogia e recupera cinturão (0:48)

Neste sábado, no UFC 270, o brasileiro levou a melhor em uma luta espetacular pelo título da divisão na trilogia contra o mexicano Brandon Moreno. Deiveson venceu por decisão unânime após 5 duros rounds. (0:48)

Em entrevista ao canal do YouTube BT Sports, Justin Gaethje voltou a indicar o desejo de encarar Charles 'Do Bronx' em uma luta no Brasil pelo UFC: 'Quero lutar no caos'


Justin Gaethje está com tanta vontade de disputar o título linear do peso-leve (70 kg) do UFC pela segunda vez que até se coloca à disposição da companhia para uma missão das mais complicadas. Após vencer Michael Chandler, em novembro, em Nova York (EUA), ‘The Highlight’ se recuperou na categoria e, de acordo com Dana White, passou a liderar a corrida para desafiar o campeão dela.

Como Charles Oliveira é brasileiro, o atleta, para sacramentar sua posição, expressou o interesse em enfrentá-lo em seu próprio país.

Inclusive, essa não foi a primeira vez que Gaethje manifesta o desejo de lutar contra Charles, no Brasil, valendo o título do peso-leve do UFC. Em entrevista ao canal do YouTube BT Sports, o americano admitiu que o que para muitos competidores é um fator de preocupação, para ele, é de motivação.

Sem temer o clima hostil, com direito a ameaças e ofensas de parte dos fãs, que deve encontrar em uma possível aventura no país, ‘The Highlight’ mostra confiança de que reúne os atributos necessários para converter uma parcela do público e para tornar a experiência inesquecível para todos os envolvidos.

“Nada foi assinado, nada foi prometido. Há grandes negócios em muitas lutas que vão acontecer, então eles ainda estão trabalhando no caminho para o Brasil. Estou esperando uma chamada a qualquer dia. Quero ir para o Brasil, quero lutar no caos. Se você voltar e ouvir minhas primeiras entrevistas, disse que queria ir para o território inimigo como o Brasil e lutar naquele caos, com o público gritando que vou morrer. Estou 100% confiante de que, quando terminar, eles vão me amar. Quero lutar com o campeão brasileiro, no Brasil. Eu quero o caos. É para isso que estou trabalhando”, declarou o ex-campeão interino do UFC.

Justin Gaethje, de 33 anos, é ex-campeão interino do peso-leve do UFC e é considerado pela comunidade do MMA um dos atletas mais empolgantes do esporte por conta de seu estilo de luta agressivo e poder dos golpes.

O americano estreou na organização em 2017, realizou nove combates, venceu seis, sendo cinco por nocaute, faturou dez bônus e perdeu três vezes. Atualmente, ‘The Highlight’ ocupa a primeira posição no ranking da categoria e possui triunfos marcantes sobre Donald Cerrone, Edson Barboza, Michael Chandler, Michael Johnson e Tony Ferguson.