<
>

UFC: Em busca de recuperação, Sakai promete atuação madura contra Tuivasa

play
Charles do Bronx: 'Sou campeão e vou continuar sendo; nasci para lutar e brilhar' (0:25)

O brasileiro, dono do maior número de finalizações na história do UFC, terá mais um compromisso de peso no próximo sábado (11). Luta principal de um card cheio de lutas animadoras contra Dustin Poirier, algoz recente de Conor McGregor. (0:25)

Brasileiro busca a recuperação no Ultimante após duas derrotas seguidas


Derrotado em suas duas últimas apresentações no octógono, Augusto Sakai chega pressionado para atuar no UFC 269. No evento que acontece neste sábado (11), em Las Vegas (EUA), a promessa do peso-pesado lutará contra Tai Tuivasa, adversário que vive excelente momento na carreira. Entretanto, o brasileiro não se deixa abalar pelo retrospecto recente.

Geralmente, duas derrotas consecutivas ligam o sinal de alerta no UFC, tendo em vista que um terceiro revés seguido pode significar o adeus do lutador à organização. Apesar de viver momento delicado, uma vez que sucumbiu diante de Alistair Overeem e Jairzinho Rozenstruik, Sakai minimizou a pressão em busca do resultado positivo. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, o brasileiro admitiu que Tuivasa é um oponente perigoso, mas, ao mesmo tempo, garantiu que evoluiu seu jogo a partir dos nocautes que sofreu.

O choque em questão é um confronto de estilos. Por mais que Sakai e Tuivasa sejam strikers, o primeiro aposta no volume de golpes no octógono e o segundo no poder de seus ataques. Tanto que, atualmente, o australiano está embalado com três vitórias seguidas, sendo todas por nocaute e no primeiro round. Apesar do retrospecto favorável, ‘Bam Bam’ segue fora do top-15 do peso-pesado do UFC. Como é dono da 11ª colocação, mesmo em má fase, o brasileiro não perde a habitual calma, mas ressalta que está motivado para encerrar a má fase e defender sua posição entre os melhores lutadores da divisão.

“É muito bom fazer parte de um evento grande como esse. Essa luta era para ter acontecido antes, mas, quando remarcaram para essa data, fiquei feliz pela oportunidade. Sem dúvida, Tuivasa é um adversário que me agrada, ele vem bem, gosta da trocação, como eu, então será emocionante. Para mim, não tem pressão”, declarou Sakai, antes de completar.

"Hoje, defendo minha posição no top-15 e ele quer entrar, mas estou de olho em subir no ranking. Sim, aposto mais no volume de golpes nas lutas, mas, com certeza, essa é uma luta que dá para fazer as pazes com a vitória e com o nocaute. Aprendi com os erros que cometi, que foram alguns. Dizem que os lutadores crescem quando perdem e quero mostrar isso”, concluiu

Contratado pelo UFC após sua passagem pela versão brasileira do reality show ‘Contender Series’, Augusto Sakai, de 30 anos, saiu vitorioso em quatro de seis apresentações feitas no octógono mais famoso do mundo. Dessa maneira, o brasileiro passou a integrar o top-15 do peso-pesado e, atualmente, ocupa o 11º lugar na categoria. Seus triunfos de maios destaque foram sobre Andrei Arlovski, Blagoy Ivanov e Marcin Tybura.