<
>

UFC: Borrachinha já avisa que não vai bater o peso, mas Vettori garante luta: 'Enfrentaria até o Ngannou'

play
Rival de Borrachinha no UFC se diz 'chocado' com história do vinho: 'Que p... é essa?' (1:51)

Brasileiro disse que teve dificuldades para dormir antes de enfrentar Adesanya (1:51)

Brasileiro fará o main event do UFC neste sábado e não conseguirá ficar dentro do limite de peso


Paulo Borrachinha (13-1) faz seu retorno ao UFC como main event neste sábado diante do italiano Marvin Vettori em um combate de desafiantes ao título de Israel Adesanya entre os médios. Porém, a luta não acontecerá neste peso.

Durante o "Media Day" desta quarta-feira, o brasileiro, que lutou pela última vez em setembro de 2020 na disputa pelo cinturão com Adesanya, admitiu que está acima do peso, com 96kg a dois dias da pesagem oficial.

O limite para uma luta entre os médios sem ser de cinturão é de 84,5kg.

"Acho que essa luta vai acontecer, talvez podemos fazer pesado casado de 90kg, poderia ser mais empolgante aos fãs, acho que com os dois mais pesados o nocaute vem mais fácil", disse Borrachinha, durante coletiva.

Mas o empresário de Vettori, Ali Abdelaziz, garantiu que a luta ocorrerá mesmo assim.

"Nunca fomos uma equipe de matar eventos principais. Não conversei com a equipe do Paulo. Mas Marvin vai lutar com ele no peso pesado. Ele vai lutar contra Francis Ngannou no sábado, se for ele quem aparecer", disse Ali, à ESPN.

"Mas primeiro seria de 195 libras (88kg). Depois vai para 198 (89kg). Não sei o que ele está passando e não vou julgá-lo. Vamos lutar. Marvin quer que ele apareça", completou.