<
>

Antônio Arroyo é nocauteado por Buckley e fica em situação crítica no UFC

Não foi dessa vez que Antônio Arroyo sentiu o sabor da vitória no Ultimate. Neste sábado (18), no UFC Vegas 37, o brasileiro foi nocauteado por Joaquin Buckley, no terceiro assalto. Com isso, o paraense fica em uma posição crítica na franquia, pois em três compromissos dentro do octógono, perdeu todos.

Como era esperado, o primeiro round foi todo voltado para a trocação. Antônio Arroyo tomou mais a atitude da parcial, principalmente com chutes, mesclando os baixos e altos. Buckley e mostrou atento a essa ação do brasileiro se defendeu como pôde e contra-atacou com a mesma moeda.

No fim do assalto, o americano, ciente da desvantagem na parte em pé, tentou levar o duelo para o solo, mas foi frustrado por uma bela defesa de queda do paraense.

No segundo round, Buckley aproveitou a diminuída de ritmo de Arroyo e se impôs, com uma melhor movimentação e chutes na coxa do adversário, que já estava bem marcada. Na parte final da parcial, Antônio desferiu uma joelhada voadora, mas o americano absorveu bem e pressionou o oponente na grade até o soar do gongo.

No último assalto, os dois atletas já demonstravam mais cansaço. Arroyo acertou um bom golpe e Buckley sentiu. No duelo no solo, o brasileiro perdeu uma chance de encaixar alguma posição. Com o confronto em pé, o americano foi a caça do rival, que já não conseguia se defender. Neste momento, Joaquin acertou um upper certeiro e levou Antônio para o solo, obrigando o árbitro a interromper o duelo.

Com esse resultado, Joaquin Buckley se recupera da sua última apresentação, quando foi derrotado por Alessio Di Chirico. Já Antônio Arroyo se coloca em uma situação delicada na organização. Em três confrontos pela liga, o brasileiro foi derrotado todas as vezes.

Confira os resultados até o momento:

Joaquin Buckley nocauteou Antônio Arroyo no 3R;

Tafon Nchukwi venceu Mike Rodríguez por decisão unânime;

Raquel Pennington venceu Pannie Kianzad por decisão unânime;

Zhu Rong venceu Brandon Jenkins por TK no 3R;

Montel Jackson venceu JP Buys por decisão unânime;

Erin Blanchfield venceu Sarah Alpar por decisão unânime;

Carlston Harris venceu Impa Kasanganay por TKO no 1R;

Gustavo Lopez vs Heili Alateng terminou empatada;

Hannah Goldy finalizou Emily Whitmire no 1R.