<
>

UFC: após ter luta com Amanda Ribas cancelada, Angela Hill desafia rivais da divisão, e veterana aceita convite: 'Vamos lá!'

Após ter sua luta contra a brasileira Amanda Ribas cancelada de última hora, em razão de um teste positivo para COVID-19 da adversária, Angela Hill não parece disposta a aguardar pela recuperação da lutadora mineira. Através de sua conta oficial no Twitter, a peso-palha (52 kg) americana convocou suas rivais de divisão a se apresentarem para desafiá-la dentro do octógono.

Escalada para competir no card do UFC Vegas 26, no último sábado (8), Hill se viu fora do evento poucas horas antes do seu início. Conhecida por estar sempre em atividade, com um volume grande de combates por ano, a americana, ao que tudo indica, já visa subir no octógono daqui a alguns dias.

“Alguém quer lutar até 52 kg em duas semanas?”, escreveu Angela Hill.

Em resposta à convocação de Hill, a veterana Tecia Torres se colocou à disposição para servir como nova oponente para a 12ª colocada no ranking dos palhas, desde que o duelo seja realizado no UFC 263, marcado para o dia 12 de junho. As duas já se enfrentaram em 2015, com vitória de Torres, e tinham revanche agendada para dezembro do ano passado, mas o confronto acabou cancelado após Angela testar positivo para COVID-19.

“Se nós conseguirmos entrar no card de 12 de junho, então eu aceito. Vamos lá! Ligue para Mick Maynard, Dana White e o UFC”, respondeu Tecia Torres.

Nos últimos dois anos, Angela Hill mantém uma média de quatro combates disputados por temporada. Em 2021, a americana fez, até o momento, apenas uma luta, diante de Ashley Yoder, em março deste ano, na qual saiu vencedora.