<
>

Lutador morre após ser nocauteado e passar mal em evento de boxe clandestino no Piauí

play
Jake Paul conta em detalhes como foi 'treta' com Daniel Cormier no UFC e desafia: 'Não tenho medo de você, você é baixo' (0:43)

YouTuber e ex-atleta discutiram na plateia do UFC 261 no último sábado (0:43)

Um lutador morreu na noite deste deste sábado (24) durante um evento de boxe em Teresina, no Piauí. Jonas de Andrade Carvalho, conhecido como "Guerreiro da Luz" veio a óbito apos ser nocauteado e passar mal em uma das lutas. A Federação Piauiense de Boxe informou que o evento era clandestino e sequer poderia ter acontecido.

A luta foi transmitida através das redes sociais de quem estava presente no evento. Na luta de Jonas, ele foi golpeado seguidas vezes na cabeça e chegou a ir à lona. Em seguida, se levantou, sinalizando para o árbitro que estava tudo bem, mas depois foi a nocaute e a luta acabou.

Na transmissão de um dos presentes do evento, é possível ouvir uma pessoa gritando "seu fraco", logo após Jonas ser nocauteado e sair desmaiado e carregado do ringue.

Jonas ainda foi levado para o hospital, mas não resistiu. Segundo o "Globoesporte.com", a causa da morte foi uma lesão no crânio do lutador.

Por conta das medidas de restrição contra COVID-19, eventos com aglomeração estão proibidos no estado do Piauí, sendo que aos sábados e domingos apenas atividades consideradas essenciais podem funcionar. A Federação Piauiense de Boxe informou que não fez parte da organização do evento e classificou o mesmo de clandestino.