<
>

UFC: Mackenzie Dern dá aula no jiu-jitsu, iguala marca de Ronda Rousey e vence duelo de mães contra Nina Nunes

No confronto entre as duas mães mais famosas do UFC, melhor para a brasileira Mackenzie Dern, que venceu Nina Nunes no final do primeiro round neste sábado.

Nina, que agora usa o sobrenome de sua esposa Amanda Nunes, fez sua primeira luta desde que deu à luz, em setembro, para Raegan, filha que tem com a "Leoa", maior da história do UFC feminino. A norte-americana não lutava desde 2019.

Dern, que teve sua filha, Moa, em 2019 e desde então já fez cinco lutas, com quatro vitórias, elevando seu cartel no MMA para 11-1.

Especialista no jiu-jitsu, Mackenzie Dern deu aula a partir do momento em que a luta foi para o chão. Foi questão de tempo até ela aplicar uma chave de braço e Nina Nunes dar os três tapinhas.

Nina não era finalizada no chão desde 2011 em sua carreira no MMA, nunca tendo perdido assim no UFC até então.

Número 11 no ranking do peso palha, a brasileira deve subir agora e ficar mais próxima de uma luta por cinturão, já que Nina Nunes é a quinta colocada do ranking.

Dern conseguiu sua quarta vitória no UFC por submissão, igualando o recorde do UFC feminino de Gillian Robertson. A brasileira também igualou a marca da lendária Ronda Rousey ao vencer sua terceira luta por chave de braço.

Veja abaixo os resultados do UFC deste sábado:

Card principal

Daniel Rodriguez venceu Mike Perry por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-26).

Card preliminar

Joe Solecki venceu Jim Miller por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27).

Mateusz Gamrot venceu Scott Holtzman por nocaute a 1m22s do R2.

John Makdessi venceu Ignacio Bahamondes por decisão dividida (29-28, 28-29 e 30-27).

Jarjis Danho venceu Yorgan de Castro por nocaute aos 3m02s do R1.

Jack Shore venceu Hunter Azure por decisão dividida (30-27, 28-29 e 30-27)

Luis Saldaña venceu Jordan Griffin por decisão unânime (triplo 29-28).

Da Un Jung venceu William Knight por decisão unânime (30-26, 30-26 e 30-27).

Impa Kasanganay venceu Sasha Palatnikov por finalização aos 26s do R2.