<
>

Vicente Luque projeta duelo contra 'velho conhecido' Kamaru Usman do UFC: 'Adoraria destroná-lo'

play
O homem, a lenda: os 10 momentos que tornaram Conor McGregor um lutador simplesmente sem precedentes (2:05)

Do nocaute inacreditável em Aldo aos memoráveis duelos contra Khabib e McGregor, relembre os grandes momentos do irlandês (2:05)

Durante sua trajetória no UFC, Vicente Luque tentou se consolidar no topo dos meio-médios (77 kg), mas esbarrava nos melhores atletas. Foi assim com Leon Edwards e Stephen Thompson, mas não com Tyron Woodley. Na edição de número 260, realizada em março, em Las Vegas (EUA), o brasileiro finalizou o ex-campeão, conquistou a maior vitória de sua carreira e, confiante, tratou de projetar um possível embate contra Kamaru Usman.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Luque revelou que torce para o nigeriano continuar como campeão dos meio-médios, quando chegar ao posto de desafiante número um da categoria. O motivo é simples, já que ‘The Nigerian Nightmare’ segue invicto no UFC, depois de 13 lutas. De acordo com o brasileiro, conquistar o cinturão é marcante para a carreira de qualquer atleta, mas se tornar o primeiro profissional a superar o rei da divisão também é especial.

Apesar do interesse no combate, Vicente mostrou admiração pelos feitos de Kamaru no UFC e, principalmente, por sua trajetória na companhia. Vale lembrar que os tops dos meio-médios foram parceiros de treino. O relacionamento dos atletas começou na extinta equipe ‘Blackzilians’ e parte dela foi mostrada no TUF 21, que colocava os profissionais da academia frente a frente com os rivais da ‘American Top Team’. Como conhece o campeão dos meio-médios, Vicente indicou que a hipotética luta tem tudo para ser inesquecível.

“Quero que Kamaru fique com o título até eu chegar lá, a não ser que enfrente ‘Durinho’. Se ele tiver essa oportunidade de novo, vou ajudá-lo. Em qualquer outro caso, adoraria que Kamaru fosse campeão. Temos amizade também, treinamos muitos anos juntos. Sei o quanto ele trabalha, o quanto se esforçou em sua carreira, o tipo de lutador que é. Kamaru pode ser um dos maiores meio-médios de todos os tempos. Eu adoraria lutar contra ele para destroná-lo. Seria algo incrível e sei que seria uma das lutas mais duras. Ele é uma besta”, declarou Luque.

Após vencer Tyron Woodley no UFC 260, Vicente Luque subiu quatro posições no ranking dos meio-médios e passou a ocupar o sexto lugar na classificação. O brasileiro também aproveitou os holofotes para desafiar Jorge Masvidal e Nate Diaz, mas ambos foram confirmados contra outros lutadores. Dessa forma, ‘The Silent Assassin’ pediu para enfrentar Colby Covington na sequência dos eventos.