<
>

UFC: Cody Garbrandt 'cobra' Dana White por luta com José Aldo: 'Mandem os contratos'

play
Brasileiros fazendo história, lendas se aposentando e muito mais: os grandes momentos do UFC em 2020 (2:43)

Movimentado ano ainda teve a criação da Ilha da Luta e muita provocação (2:43)

Um dos grandes nomes do Ultimate, Cody Garbrant sabe que tem alto poder de barganha na franquia e, por isso, sempre mira grandes combates. O alvo da vez do americano é José Aldo, ex-campeão do peso-pena (66 kg) da liga. Ao que tudo indica, o desejo desse embate acontecer é recíproco e tem o apoio dos torcedores. Pelo menos foi o que destacou o ex-campeão peso-galo (61 kg).

Nas suas redes sociais, Garbrandt aproveitou uma enquete lançada por José Aldo na sua conta do Instagram para reforçar o pedido para que o UFC marque a disputa. Na publicação do brasileiro, mais de 90% do público respondeu que gostaria de ver este duelo.

“Vamos fazer isso, José Aldo e Dana White? Nós dois estamos dizendo para mandar os contratos”, escreveu o americano ao marcar o brasileiro e o presidente do Ultimate.

Cody Garbrandt não atua desde junho do ano passado, quando nocauteou Raphael Assunção, no segundo round e encerrou sua má fase no UFC, quando acumulava três derrotas seguidas por nocaute. Seu melhor momento na carreira aconteceu em 2016, quando derrotou Dominick Cruz, por pontos e conquistou o cinturão do peso-galo.

Por outro lado, após construir grande parte de sua carreira no peso-pena, onde foi campeão no WEC e no UFC, José Aldo optou por descer para os galos, onde já acumula uma vitória e duas derrotas. Em julho deste ano, o manauara disputou o cinturão vago da categoria, mas acabou superado por Petr Yan. Em sua última apresentação, o brasileiro derrotou Marlon Vera, por decisão dos jurados, em dezembro de 2020.