<
>

UFC: Autor do nocaute mais viral da história prova do próprio veneno e quase tem a cabeça 'arrancada' por chute

Um dia da caça e outro do caçador. Menos depois de dois meses de conseguir o nocaute mais viral da história, o americano Joaquin Buckley provou de seu próprio veneno e quase teve a cabeça ‘arrancada’ por um chute do italiano Alessio Di Chirico no UFC Fight Island 7 deste sábado. O nocaute acabou decretado com pouco mais de dois minutos de luta.

Alessio aproveitou o começo da luta para entender a distância e soltou o chute de direita bem na hora em que Buckley se abaixava para o que pareceu ser uma tentativa de queda. A canela acertou em cheio a tampa da cabeça e virou o pescoço do americano, que caiu já sem nenhuma chance de defesa.

O golpe já seria notável por si só, mas é impossível não lembrar da coincidência.

Buckley ficou famoso ao conseguir o nocaute mais viral da história. Em novembro, ele aproveitou que Jordan Wright havia bloqueado um chute e, com uma das pernas segurada pelo adversário, pulou, girou e acertou em cheio o rosto do rival com o outro pé.

O chute na cabeça, porém, estava contra ele neste sábado.