<
>

UFC: Ariane destrói perna de Luana, consegue finalização do ano e deixa mundo do MMA incrédulo

play
UFC: Brasileira vira joelho de compatriota para trás e consegue finalização do ano na Ilha da Luta (1:00)

Ariane Lipski conseguiu encaixar um golpe lindo para finalizar Luana Dread neste sábado (1:00)

O que foi isso???

Essa foi a pergunta que boa parte das pessoas fizeram ao ver o que a brasileira Ariane Lipski fez na noite deste sábado! A paranaense estava sendo vítima de um ataque na panturrilha, mas, mesmo assim, achou espaço para encaixar uma chave de joelho simplesmente sensacional e vencer a compatriota Luana Dread com uma finalização que já tem tudo para ser a melhor de 2020.

E o próprio mundo do UFC é quem acha isso! Assim que Ariane venceu, vários lutadores foram às redes sociais para mostrar respeito e admiração para o que acabaram de ver.

“Você só pode estar brincando! Uma chave de joelho dali??? Sério??? Como???”, escreveu Aljamain Sterling, possivelmente o próximo desafiante ao cinturão peso galo.

“Caramba, grande finalização”, postou Alexander Volkanovski, campeão peso pena entre os homens.

“Isso foi impressionante”, escreveu James Vick.

“Eu não sabia que joelhos poderiam dobrar desse jeito”, postou Megan Anderson.

Luana Dread atacou a perna de Ariane logo no começo da luta e conseguiu encaixar uma chave de panturrilha por baixo. Mas ao invés de se defender, Ariane resolveu ir para o ataque. Por cima, ela achou a perna da compatriota e foi extremamente rápida no gatilho. Dobrou o joelho para trás e conseguiu o triunfo em menos de um minuto e meio.

Foi a segunda finalização mais rápida da história da categoria feminina dos moscas, a primeira finalização por chave de joelho do peso.

Veja todos os resultados do UFC: Deiveson x Benavidez

CARD PRINCIPAL

play
1:50

UFC: Deiveson Figueiredo quebra jejum de mais de 3 anos sem título masculino para o Brasil; relembre todos os campeões!

Brasileiro superou Joseph Benavidez e chegou ao topo entre os peso mosca

Deiveson Figueiredo (BRA) finalizou Joseph Benavidez (EUA) com um mata-leão aos 4:48 do 1º round - pelo cinturão dos moscas
Jack Hermansson (SUE) finalizou Kelvin Gastelum (EUA) com uma chave de tornozelo a 1:18 do 1º round - médios
Rafael Fiziev (QUI) venceu Marc Diakiese (ING) na decisão unânime dos jurados (30-27, 29-28, 29-28) - leves
Ariane Lipski (BRA) finalizou Luana Dread (BRA) com uma chave de joelho a 1:28 do 1º round - moscas feminino
Askar Askarov (RUS) venceu Alexandre Pantoja (BRA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - moscas

CARD PRELIMINAR

Roman Dolidze (GEO) nocauteou Khadis Ibragimov (RUS) aos 4:15 do 1º round - meio-pesados
Grant Dawson (EUA) venceu Nad Narimani (ING) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-27, 29-27) - peso casado
Joel Alvarez (ESP) finalizou Joe Duffy (IRL) com uma guilhotina aos 2:25 do 1º round - leve
Brett Johns (GAL) venceu Montel Jackson (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - galos
Amir Albazi (IRQ) finalizou Malcolm Gordon (CAN) com um triângulo aos 4:42 do 1º round - galos
Arman Tsarukyan (ARM) venceu Davi Ramos (BRA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 29-28) - leves
Sergey Spivak (MOL) venceu Carlos Boi (BRA) na decisão majoritária dos jurados (28-28, 29-27 e 29-27) - pesados