<
>

Durinho desbanca torcida contra de Jon Jones e impressiona campeão Usman e outros lutadores: 'Title shot para ele!'

play
Norte-americano toma 36 chutes em 9 minutos e fica com a perna quase em carne viva; VEJA! (0:59)

Vince Morales tomou 36 chutes nas pernas em apenas 9 minutos e vai ter dificuldades para andar (0:59)

Gilbert Durinho foi o grande nome do UFC Fight Night deste sábado (30).

Na luta principal diante de Tyron Woodley, o brasileiro teve uma performance incrível, venceu com muita autoridade (50-44, 50-44, 50-45), levou o prêmio de Performance da Noite para casa e ainda impressionou Kamaru Usman, atual campeão da divisão dos médios, e outros lutadores.

E ainda fez tudo isso enquanto era "secado" por ninguém menos que Jon Jones. Durante o primeiro round, o americano tuitou que estava torcendo por Woodley, mas admirado com a atuação do brasileiro.

"Estou torcendo para Woodley, mas o primeiro round está bastante difícil para ele", disse Jones.

Além de Bonny, outros lutadores reagiram ao main event, confira as melhores reações.

*Traduções abaixo

"Que grande performance do meu cara Gilbert Durinho", Kamaru Usman

"Grande trabalho de Durinho, muito bom irmão", Rafael dos Anjos.

"Estou realmente feliz por Durinho. Ele literalmente fez essa luta acontecer. Também eu precise ter a mesma atitude contra Ponzinibbio e Michael Chiesa", Geoff Neal

"Acho que todas as minhas questões sobre o main event foram respondidas. Burns é de verdade, suas últimas duas performances são nível de campeão", Aljamain Sterling

"Title shot para Durinho agora" Kelvin Gastelum

"Deem o title shot para Durinho", Lando Vannata

Pelo Instagram, Vitor Belfort também se manifestou sobre a vitória de Durinho. "Que alegria. Sei muito bom que você está pensando. Chegou o momento que você tanto sonhava. Seu esforço foi maior que seu sonho e por isso você o realizou. Parabéns", postou nos stories.

Veja os resultados do UFC: Durinho vs. Woodley

CARD PRINCIPAL
Gilbert Durinho (BRA) venceu Tyron Woodley (EUA) na decisão unânime dos jurados (50-45, 50-44 e 50-44) - meio-médio
Augusto Sakai (BRA) venceu Blagoy Ivanov (BUL) na decisão dividia dos jurados (27-30, 29-28 e 29-28) - pesados
Billy Quarantillo (EUA) venceu Spike Carlyle (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - peso combinado
Roosevelt Roberts (EUA) finalizou Brok Weaver (EUA) com um mata-leão aos 3:26 - peso combinado*
Mackenzie Dern (EUA) finalizou Hannah Cifers (EUA) com uma chave de joelho aos 2:36 do 1º round - palhas feminino

CARD PRELIMINAR
Katlyn Chookagian (EUA) venceu Antonina Shevchenko (QUI) na decisão unânime dos jurados (30-25, 30-25 e 30-25) - moscas
Daniel Rodriguez (EUA) venceu Gabriel Green (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - meio-médio

Jamahal Hill (EUA) nocauteou Klidson Abreu (BRA) a 1:51 do 1º round - meio-pesados
Brandon Royval (EUA) finalizou Tim Elliott (EUA) com um katagatame aos 3:18 do 2º round - moscas
Casey Kenney (EUA) finalizou Louis Smolka (EUA) com uma guilhotina aos 3:03 do 1º round - galos

Chris Gutiérrez (EUA) nocauteou Vince Morales (EUA) aos 4:27 do 2º round - penas

* Weaver não bateu o peso