<
>

Juízes só concordam em 2 rounds e dão pontuação polêmica para vitória apertada de Jones contra Marreta

A vitória de Jon Jones para cima de Thiago Marreta não só foi muito mais apertada do que todos imaginavam como também acabou sendo polêmica. Os juízes laterais acabaram discordando em mais da metade dos rounds para chegar no veredicto dividido.

Só dois rounds foram unânimes: o primeiro, pontuado pelos três jurados laterais para Marreta, e o terceiro, pontuado por todos para Jon Jones.

Na opinião da maioria dos analistas, o quarto e o quinto round também foram um pouco mais claros, com uma vitória para Jones e outra para Marreta, respectivamente. Os juízes, porém, viram diferente.

Dois deles (Derek Cleary e Junichiro Kamijo) deram o quarto round para o brasileiro e o quinto para o norte-americano. Só Mike Bell teve uma análise parecida à sensação dos analistas.

Já o segundo round, que teoricamente teria sido o mais difícil de pontuar, foi dado por Bell e Cleary para Jones e apenas por Kamijo para Marreta.

Veja TODOS os resultados do UFC 239:

CARD PRINCIPAL

Jon Jones (EUA) venceu Thiago Marreta (BRA) na decisão dividida dos jurados (47-48, 48-49 e 48-49)
Amanda Nunes (BRA) nocauteou Holly Holm (EUA) aos 4:10 do 1º round - cinturão dos galos feminino
Jorge Masvidal (EUA) nocauteou Ben Askren (EUA) a 0:05 do 1º round - meio-médios
Jan Blachowicz (POL) nocauteou Luke Rockhold (EUA) a 1:39 do 2º round - meio-pesados
Michael Chiesa (EUA) venceu Diego Sanchez (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-26 e 30-26) - meio-médios

CARD PRELIMINAR

Arnold Allen (ING) venceu Gilbert Melendez (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - penas
Marlon Vera (EQU) finalizou Nohelin Hernandez (EUA) com um mata-leão aos 3:25 do 2º round - galos
Cláudia Gadelha (BRA) venceu Randa Markos (CAN) na decisão unânime dos jurados (30-37, 30-37 e 30-37) - palhas feminino
Song Yadong (CHN) nocauteou Alejandro Perez (MEX) aos 2:04 do 1º round - galos
Edmen Shahbazyan (EUA) finalizou Jack Marshman (GAL) com um mata-leão a 1:12 do 1º round - médios
Chance Rencountre (EUA) venceu Ismail Naurdiev (AUT) na decisão unânime dos jurados (29-27, 29-28 e 30-27) - meio-médios
Julia Avila (EUA) venceu Pannie Kianzad (SUE) na decisão unânime dos jurados (30-37, 30-36 e 30-26) - galos