<
>

Jéssica Bate-Estaca volta para casa com cinturão do UFC e ainda quase R$ 400 mil mais rica

play
UFC: Jéssica Bate-Estaca revela alívio com recuperação de Rose e brinca: 'Não matei ela' (0:59)

Norte-americana bateu a cabeça no octógono depois de uma tentativa de queda da brasileira e acabou nocauteada (0:59)

Uma noite simplesmente perfeita para Jéssica Bate-Estaca no UFC 237. A brasileira ganhou o título dos palhas ao nocautear Rose Namajunas e faturou não só um, mas dois bônus de performance. Assim, ela volta com o cinturão e ainda mais US$ 100 mil (mais de R$ 395 mil) nos bolsos.

Jéssica nocauteou Rose fazendo jus ao seu próprio nome: em uma queda no melhor estilo bate-estaca, ela fez a adversária bater a cabeça no chão e ser nocauteada.

"Até um tempo atrás eu tinha que vender material de treino. Agora tenho uma vida financeira maravilhosa", comemorou Jéssica.

O outro prêmio por desempenho foi para Warlley Alves, que faturou US$ 50 mil (quase R$ 198 mil).

Warlley nocauteou Serginho Moraes no final do terceirou round. Ele tentou uma joelhada voadora e não acertou em cheio, mas aproveitou a posição em que ficou quando ‘pousou’ para acertar um upper no queixo do adversário.

Veja todos os resultados do UFC 237:

CARD PRINCIPAL:

Jéssica Bate-Estaca (BRA) nocauteou Rose Namajunas (EUA) aos 2:58 do 2º round – pelo cinturão feminino dos palhas
Jared Cannonier (EUA) nocauteou Anderson Silva (BRA) (LESÃO) aos 4:47 do 1º round - médios
Alexander Volkanovski (AUS) venceu José Aldo (BRA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - penas
Laureano Staropoli (ARG) venceu Thiago Pitbull (BRA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 29-28) – meio-médios
Irene Aldana (MEX) finalizou Bethe Correia (BRA) com uma chave de braço aos 3:24 do 3º round – galo feminino

CARD PRELIMINAR:

Ryan Spann (EUA) nocauteou Rogério Minotouro (BRA) aos 2:07 do 1º round – meio-pesado
Thiago Moisés (BRA) venceu Kurt Holobaugh (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-26 e 30-27) - leves
Warlley Alves (BRA) nocauteou Sérgio Moraes (BRA) aos 4:13 do 3º round – meio-médios
Clay Guida (EUA) venceu BJ Penn (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-27) - leves
Luana Dread (BRA) venceu Priscila Pedrita (BRA) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-26 e 29-27) – moscas feminino
Raoni Barcelos (BRA) nocauteou Carlos Huachin (PER) aos 4:49 do 2º round - galos
Viviane Araújo (BRA) nocauteou Talita Bernardo (BRA) a 0:48 do 3º round – galos feminino