<
>

Ex-Barcelona lembra 'profecia' sobre Messi aos 13 anos e revela 'segredo' da potência física de Cristiano Ronaldo

play
Ex-Barcelona lembra profecia que ouviu sobre Messi: 'Esse menino de 13 anos será o melhor do mundo' (0:55)

O jovem argentino debutou no time principal do Barcelona na temporada de 2004/05, quando Geovanni já tinha deixado o clube e defendia o Benfica (0:55)

Contratado em 2001 por US$ 18 milhões, um valor altíssimo à época, Geovanni chegou a um Barcelona que estava repleto de astros como Rivaldo, Kluivert e Xavi. O maior de todos eles, porém, ainda estava sendo lapidado nas categorias de base do time catalão.

A ESPN Brasil e o ESPN App transmitem Barcelona x Osasuna, ao vivo, por LaLiga neste sábado (28/11), às 9h55 (de Brasília). O ESPN.com.br acompanha a partida em tempo real, com VÍDEOS de lances e gols.

O brasileiro não esquece que logo na primeira semana no Camp Nou foi alertado para a presença de um argentino baixinho que tinha chegado em setembro no ano anterior - vindo de Rosário. O "projeto de craque" estava fazendo "miséria" em La Masía e era cercado de enormes expectativas.

"Quando eu cheguei me disseram: 'Tem um menino aí que tem 13 anos e com certeza será o melhor do mundo'. Para falarem isso, realmente precisa ter em conta o que seria o Messi. Aos 13 anos, dar uma opinião de que um jovem seria o melhor é porque realmente ele tinha muita coisas diferentes. E hoje tem provado que o pessoal tinha convicção. Eles já viam uma qualidade, e ele está entre os melhores de todos os tempos", disse, ao ESPN.com.br.

Geovanni só lamenta ter perdido a chance de ter visto os primeiros passos do craque no Barcelona.

"Não cheguei a ver os treinos ou jogos dele. Mas vi alguns jogos da base do pessoal com 18 ou 20 anos".

Na semana passada, Messi completou 17 anos de sua estreia com camisa do time principal do Barcelona. Foi em um 16 de novembro de 2003, tendo como motivo a inauguração do novo estádio do Porto, comandado por José Mourinho.

Aos 16 anos, o argentino entrou por 15 minutos (no lugar de Fernando Navarro) na derrota por 2 a 0 para os portugueses.

Geovanni ficou até 2003 no Barcelona, quando transferiu-se para o Benfica e depois defendeu Manchester City e Hull City. Pelas três equipes, ele duelou contra outro craque que estava despontando para o cenário mundial: Cristiano Ronaldo.

No Benfica e no City, o brasileiro chegou a levar a melhor contra o português em alguns duelos na Champions League e na Premier League. O ex-atacante reconhece que a longevidade de Ronaldo é algo que o impressiona e acredita que o fato de o camisa 7, atualmente na Juventus, jogar em altíssimo nível há mais de 15 anos, não é fruto do acaso.

play
0:43

Ex-Barcelona lembra fúria dos torcedores contra Figo em clássico: 'Ele tem muita personalidade'

O português, que chegou a atuar contra Geovanni, deixou o Barcelona em 2000 rumo ao Real Madrid

"Muitos elogiam o Cristiano Ronaldo, que é um grande jogador. Ele é o primeiro a chegar e o último a sair dos treinos. Aos 35 anos é um dos melhores do mundo e mostra que o trabalho pode prolongar muito a carreira do jogador. Quando você é novo acha que as coisas vão acontecer a qualquer momento, mas não é bem assim".