<
>

Messi volta a ser vaiado por torcedores do PSG em manifestação que já teve até Neymar como alvo

A relação entre Lionel Messi e uma parte da torcida do Paris Saint-Germain ainda permanece estremecida. O craque argentino foi novamente vaiado por fãs do clube no momento em que teve seu nome anunciado durante a escalação, antes mesmo de a bola rolar na partida contra o Olympique de Marseille, pelo Campeonato Francês.

O confronto tem transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

O camisa 30 tem sido alvo do Coletivo Ultra Paris (CUP), principal torcida organizada do clube, que tem se manifestado contrário ao argentino nos jogos no Parque dos Príncipes após mais uma eliminação do clube nas Uefa Champions League.

Além das atuações recentes de Messi, os torcedores da organizada do PSG também estariam insatisfeitos com a indefinição quanto à renovação do contrato do argentino, que termina ao final desta temporada, com o risco de o atleta deixar o clube muito em breve.

Esta, porém, não é uma situação inédita no Paris Saint-Germain.

No ano passado, após a queda do clube nas oitavas da Champions League para o Real Madrid, Neymar também esteve na “mira de fúria” da torcida parisiense.

Na ocasião, em partida contra o Bordeaux, pela Ligue 1, o brasileiro foi um dos mais vaiados logo no anúncio de escalação e também a cada toque na bola após o início da partida.

Houve ainda os protestos nas arquibancadas cobrando as saídas de nomes no clube como do presidente Nasser Al-Khelaïfi, do ex-diretor esportivo Leonardo, de Mauricio Pochettino, técnico do clube à época, além do meio-campista holandês Georginio Wijnaldum, que hoje atua pela Roma.