<
>

ESPN Bola de Prata Sportingbet: Hulk 'conquista o Brasil', vira super-herói do fim do jejum do Atlético-MG e leva Bola de Ouro

play

Hulk, do Atlético-MG, conquistou a Bola de Ouro como o melhor jogador do Campeonato Brasileiro


Foram 50 anos de espera, mas o torcedor do Atlético-MG finalmente conseguiu soltar o grito de bicampeão do Campeonato Brasileiro em 2021.

Tanto tempo de jejum só podia ser interrompido sob o comando de um verdadeiro super-herói, E ninguém melhor que Givanildo Vieira de Sousa, o Hulk, para libertar os atleticanos. O jogador foi o grande destaque da campanha histórica do Galo e leva a Bola de Ouro de melhor jogador do campeonato no Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet.

VEJA A SELEÇÃO COMPLETA DO BOLA DE PRATA 2021

Começou! Até meia-noite de domingo (12) tem Star+ Acesso Livre. Muito esporte AO VIVO, séries e filmes. Acesse agora e aproveite de graça toda a programação.

Assim como o super-herói que lhe rendeu o apelido, Hulk sempre se destacou pela força física e a "brutalidade" com que destruía zagas adversárias e anotava seus gols. Em terras brasileiras, porém, o atacante demonstrou seu lado "Bruce Banner", com muita inteligência, técnica e categoria para dominar o campeonato e se reerguer para o futebol.

Antes do Brasileirão de 2021, a imagem do torcedor brasileiro em relação ao atacante era um tanto quanto negativa. Hulk pouco atuou por aqui: eram apenas 20 jogos pelo Vitória, antes de se formar como jogador no exterior. Ele ainda ficou marcado pela Copa do Mundo de 2014 e acabou condenado como um dos responsáveis pelo 7 a 1 sofrido na semifinal contra a Alemanha, no Mineirão.

Como jogava na época na Rússia e depois se transferiu para a China, demorou sete anos para que o atacante conseguisse sua redenção aqui.

Mas ela veio até com juros!

play
2:27

ESPN Bola de Prata Sportingbet: Hulk leva a Bola de Ouro, e elenco premiado do Atlético-MG invade entrevista

Hulk terminou o Brasileirão como o jogador que mais participou diretamente de gols: foram 19 gols, o que lhe rendeu a artilharia geral, e 7 assistências, somando 26 participações.

Além disso, foi o jogador que mais finalizou (112) e o que mais acertou o gol (46) no Brasileirão de 2021.

Mas, para além dos números frios, Hulk também foi o jogador mais decisivo da competição.

Com seus gols, o atacante garantiu 25 pontos diretamente para o Atlético Mineiro. Contra o Sport, fez o gol da vitória por 1 a 0. No Corinthians, marcou 2 e o Galo ganhou por 2 a 1. Diante do Juventude, fez o que garantiu a vitória por 2 a 1. No 3 a 1 sobre o Ceará, marcou 2.

Fez os 2 no 2 a 0 sobre o Juventude e na vitória de virada por 2 a 1 sobre o Fluminense. Fez o 4º gol que garantiu a vitória por 4 a 3 sobre o Red Bull Bragantino e, de sobra, ainda fez o 2º do empate em 2 a 2 com o Palmeiras.

No jogo do título, contra o Bahia, fez o gol que iniciou a reação e transformou um 0 a 2 em 3 a 2 e carimbou a taça. Quando não marcou, decidiu com os passes.

As vitórias por 1 a 0 sobre o Internacional (duas vezes) e diante do Cuiabá, fora de casa, tiveram o camisa 7 como garçom dos gols.

Hulk, de fato, vestiu a capa de super-herói e carregou o Galo ao fim do jejum. De quebra, ainda viu seu nome ser "limpo" com a torcida brasileira. Muitos dos que o culparam pelo fracasso na Copa de 2014, passaram a pedir o atacante de volta à seleção brasileira.

Hulk finalmente é o herói também em sua casa!