<
>

Sem Messi, Argentina conta com Di María e Lautaro para vencer o Chile pelas eliminatórias

play
Renata Ruel analisa erros em Equador x Brasil: 'Arrisco a dizer que pode ser a arbitragem mais polêmica e a pior do ano' (2:19)

Comentarista falou sobre as polêmicas do jogo das Eliminatórias Sul-Americanas (2:19)

Argentina venceu o Chile por 2 a 1 em Calama e reduziu a vantagem do Brasil na liderança das eliminatórias


Sem contar com Lionel Messi, que ainda recupera a forma física após se livrar da COVID-19, a Argentina contou com outros dois de seus principais jogadores para vencer o Chile por 2 a 1 nesta quinta-feira (27), fora de casa, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Sem o camisa 10 e capitão da equipe, coube a Ángel Di María e Lautaro Martínez marcarem os gols da Albiceleste ainda no primeiro tempo. Pela equipe chilena, Ben Brereton foi à rede também na primeira etapa.

O primeiro tempo em Calama começou bastante movimentado e teve gol logo aos 8 minutos. Em sua jogada característica, Di María dominou pela direita, cortou para o meio e finalizou colocado, no canto de Bravo, abrindo o placar para a Argentina.

O empate do Chile veio aos 19 minutos com Brereton em uma raridade: um golaço de cabeça. O inglês naturalizado chileno recebeu cruzamento de Núñez na área e finalizou por cobertura, batendo Emiliano Martínez.

Ainda no primeiro tempo, Lautaro Martínez colocou a Argentina novamente em vantagem aos 33 minutos. De Paul finalizou de muito longe, Bravo deu rebote e o atacante da Inter finalizou na sobra. O goleiro, que já havia sentido antes, foi substituído logo em seguida com uma aparente lesão.

Situação na tabela

Com a vitória, aliada ao empate do Brasil com o Equador também nesta quinta-feira, a Argentina vai a 32 pontos e diminui a diferença para a seleção brasileira, líder com 36. A equipe de Lionel Scaloni continua invicta nas eliminatórias.

Enquanto isso, o Chile segue com 16 pontos, fica na 7ª posição e permanece no grupo das várias seleções que vão disputar as duas vagas restantes para a Copa do Mundo, além da classificação para a repescagem, provavelmente até a rodada final.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira (1). O Chile visita a Bolívia às 17h00 (de Brasília), enquanto a Argentina recebe a Colômbia em seguida, às 20h30.

Ficha técnica

GOLS: Brereton (Chile); Di María e Lautaro Martínez (Argentina)

CHILE: Bravo (Cortés); Maripán, Medel, Vegas (Suazo) e Paulo Díaz (Isla); Pulgar, Aránguiz e Núñez (Montecinos); Vargas (Dávila), Brereton e Alexis Sánchez. Técnico: Martín Lasarte

ARGENTINA: Emi Martínez; Molina, Lisandro Martínez, Otamendi e Tagliafico; Paredes, De Paul (Lo Celso) e Gómez; Di María (Correa), Lautaro Martínez (Álvarez) e González (Acuña). Técnico: Lionel Scaloni