<
>

Ex-Flamengo entra na Justiça contra o clube após três cirurgias no joelho e cobra quase R$ 2 milhões, diz jornal

Ex-meia do clube passou por três cirurgias no joelho esquerdo em menos de 20 meses


Ex-meia do Flamengo, Gustavo Damazio entrou na Justiça contra o clube carioca na última terça-feira (18). De acordo com o jornal O Dia, o jogador cobra quase R$ 2 milhões do Rubro-Negro.

Representado pelo advogado Leonardo Moura Santana, Gustavo, em menos de 20 meses, passou por três cirurgias no joelho esquerdo. Os procedimentos causaram complicações, como trombose e artrofibrose.

O meia chegou ao clube carioca após se destacar pelo Serra, do Espírito Santo. O contrato do atleta iria até dezembro de 2021. Com a lesão, o Flamengo tentou prorrogar o vínculo por mais três meses, o que foi recusado pelo jogador.

Gustavo queria um vínculo mais longo para não ser dispensado logo após se recuperar. Foi pedido um acordo de até cinco anos, o que foi recusado pela diretoria rubro-negra, que o dispensou.

Gustabo Damazio não é o primeiro a recorrer à Justiça e cobrar o Flamengo. Em março de 2021, o ex-zagueiro Dener, campeão da Copinha pelo clube em 2016, pediu uma indenização de R$ 4,2 milhões após três cirurgias no joelho, duas no esquerdo e uma no direito.

O ex-meia Ederson, chegou ao Rubro-Negro em 2015, também moveu uma ação pelos mesmos motivos: problemas com o departamento médico após realizar cirurgias enquanto era atleta do clube.