<
>

Sóbis diz por que não se 'queima' com a torcida do Cruzeiro mesmo após declaração polêmica: 'Faria tudo novamente se preciso'

Ex-atacante utilizou as redes sociais e revelou que, mesmo com a declaração polêmica, não se queimaria com o torcedor do Cruzeiro


Após declaração polêmica que não 'pisou na área' em uma partida entre Internacional e Cruzeiro em 2016 que podia determinar o rebaixamento do Colorado no Campeonato Brasileiro, Rafael Sóbis voltou a comentar o assunto. Dessa vez, o ex-jogador utilizou as redes sociais.

Após a grande repercussão e a discussão de se queimar ou não com a torcida da Raposa, Sóbis se pronunciou e afirmou que teria o respeito perdido pelos cruzeirenses.

"Um cara que aceita jogar no Cruzeiro no momento mais difícil da sua história e se dedica como me dediquei não vai se “queimar” com uma torcida tão grande que entende dos esforços feitos. Eu amo clube Cruzeiro e faria tudo novamente se preciso", escreveu o ex-jogador.

Entenda a polêmica

Em entrevista ao canal do Duda Garbi, no YouTube, Sóbis falou sobre a partida entre Inter e Cruzeiro, válida pela 37ª rodada do Brasileirão de 2016, e que poderia rebaixar o Colorado.

Foi então que o ex-atacante fez uma revelação bombástica: não pisou na área e deu uma 'ajuda' ao clube que o revelou.

"O destino foi ruim com a gente (Sóbis e Inter). Talvez não ruim para mim, porque sempre me dei bem. Posso falar um negócio aqui? O jogo contra o Cruzeiro, que se o Cruzeiro ganhasse do Inter, o Inter caía. Aqui no Beira-Rio, em 2016. Gol do Valdívia. Muita gente do Inter me ligou. Eu não entrei na área. Eu não entrei na área. Por que estaria falando isso naquela época? Eu não entrei na área, pode ver o jogo todo. Não entrei na grande área", começou por afirmar.

"Ninguém percebeu. Teve uma jogada, vou ter que falar... Foi um escanteio e a gente estava pressionando muito. O Inter estava abalado. Velho, eu não entrei na área. E a gente teve um escanteio. A gente sente o jogo: 'Estamos perto de fazer um gol'. Bati um escanteio no céu. E eu não bato daquela maneira. E a bola foi na mão do Danilo Fernandes. E aí, tipo assim, quando bati, foi do lado do nosso banco. O Mano Menezes me xingava, ele me xingou um monte, acho que percebeu 'nego véio' da bola. E estava zero a zero. Essas coisas aí que eu digo que não vou ficar de marketing. Até o Fernando Carvalho me agradeceu, o Lisca, que era o treinador, me agradeceu", completou.

Revelado pelo Inter, Rafael Sóbis teve três passagens pelo clube. A primeira, entre 2004 e 2006. A segunda, entre 2010 e 2011. E a terceira em 2019. Ao todo, foram 213 jogos, 54 gols, duas conquistas de Conmebol Libertadores, em 2006 e 2010, e três vezes o Campeonato Gaúcho, em 2004, 2005 e 2011.

Já pelo Cruzeiro, o ex-atacante teve duas passagens. Entre 2016 e 2018 e 2020 e 2021. Ao todo, foram 174 jogos e 33 bolas na rede. Além disso, conquistou duas vezes a Copa do Brasil e um Campeonato Mineiro.