<
>

Após 3 anos do incêndio, Flamengo vai inaugurar capela para vítimas no Ninho; veja as imagens do local

play
Homenagem: Após 3 anos do incêndio, Flamengo vai inaugurar capela para vítimas no Ninho do Urubu (1:47)

Via FLA TV I Clube planeja a inauguração para o dia 8 de fevereiro deste ano, data em que a tragédia completará exatos 3 anos (1:47)

Três anos após o incêndio trágico, Flamengo vai inaugurar uma capela ecumênica em homenagem às vítimas no Ninho


O incêndio do Ninho do Urubu completa 3 anos no dia 8 de fevereiro. E o Flamengo planeja inaugurar na data agora em 2022 uma capela ecumênica em homenagem às 10 crianças que perderam a vida no Centro de Treinamento.

O ESPN.com.br teve acesso exclusivo a algumas imagens da capela, que encontra-se na reta final das obras. O espaço ficará à disposição para orações e eventos religiosos no CT.

A capela foi construída no mesmo local do trágico acidente.

Athila Paixão, Arthur Vinícius, Bernardo Pisetta, Christian Esmério, Gedson Santos, Jorge Eduardo Santos, Pablo Henrique da Silva Matos, Rykelmo de Souza Vianna, Samuel Thomas Rosa e Vitor Isaías foram os jovens que morreram.

Veja abaixo as imagens da capela ecumênica:

De todas as famílias, o Flamengo chegou a acordos com praticamente todos, entre vivos e familiares dos mortos.

Ao todo, foram 25 de 26. No fim do ano passado, a diretoria conseguiu aparar as arestas com a mãe Rykelmo e fechou um acordo.

Agora, resta apenas uma família pendente: a de Christian Esmério. No fim do ano passado, os familiares do ex-goleiro entraram com uma ação judicial na 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) contra o clube. Segundo site GE, os familiares cobravam R$ 8,4 milhões de indenização por danos morais.

play
2:15

Flamengo instala nova iluminação para treinos noturnos e anuncia melhorias no Ninho do Urubu; veja quais são

Via FLA TV I Um campo de grama sintética foi construído para a base do Rubro-Negro