<
>

Pablo Marí fica perto de deixar o Arsenal e 'trava' chance de Flamengo aumentar bolada milionária; veja o destino do espanhol

Campeão da Libertadores em 2019 com o Flamengo, defensor espanhol está próximo de ser emprestado para a Udinese


Após descartar seu retorno ao futebol brasileiro, Pablo Marí, ex-Flamengo, está perto de assinar contrato com a Udinese. Sem espaço no Arsenal, o zagueiro será emprestado ao time italiano até junho de 2022.

De acordo com informações do jornalista italiano Fabrizio Romano, as partes envolvidas já entraram em acordo e resta, apenas, a assinatura do contrato, que deve acontecer nos próximos dias.

Desde janeiro de 2020 no Arsenal, Marí chegou a ter sequência no seu início em Londres, mas sofreu uma grave lesão e ficou fora dos gramados por um longo período.

O zagueiro atuava no Flamengo quando foi negociado com os Gunners, entre empréstimo e venda por 8 milhões de euros. Além disso, a cada 10 jogos, 1 milhão de euros entrava na conta do clube rubro-negro.

Como ele disputou 21 partidas no Arsenal, rendeu mais de 2 milhões de euros ao time carioca. No entanto, conforme contrato, as metas iriam até o valor máximo de 8 milhões de euros. Diante disso, o Flamengo ainda poderia ganhar 6 milhões de euros com ele.

Agora, com a transferência do zagueiro para a Itália, o clube rubro-negro vai ter que esperar uma possível volta ao Arsenal, além de deixar de ganhar 1 milhão de euros por ele não ter feito os 9 jogos restantes para completar 30 partidas.

Marí foi contratado pelo Flamengo em 2019 a perdido do técnico Jorge Jesus. Com a camisa rubro-negra conquistou um Campeonato Brasileiro e uma Conmebol Libertadores.