<
>

Surpreso, Kenedy diz o que aconteceu entre Chelsea e Flamengo para deixar o clube carioca: 'Estou só cumprindo'

play
Flamengo: jogadores já recebem orientações em telão pedido por Paulo Sousa durante treino (0:07)

Via Twitter @Flamengo | Clube divulgou as imagens da atividade desta quarta-feira (0:07)

Arrascaeta tem contrato até dezembro de 2023, mas clube tenta solucionar questão financeira para estender sua permanência por mais tempo


O Chelsea solicitou o retorno do atacante Kenedy na última quarta-feira (13). Os ingleses fizeram valer da cláusula contratual e exerceram o direito de pedir a volta do jogador do Flamengo, pegando o clube carioca de surpresa.

Pelo contrato, os Blues poderiam solicitar a volta de Kenedy se o clube carioca não exercesse a opção de compra definitiva até dezembro de 2021, o que não aconteceu.

E não foi somente o Rubro-Negro que se surpreendeu com o pedido. Em entrevista ao jornalista Venê Casagrande, o atacante de 25 anos revelou que recebeu a notícia após às 23h na terça.

"Fui pego de surpresa. Fiquei sabendo da notícia terça à noite, já eram 23h, 23h e meia. O Chelsea tinha um contrato, pediram para eu me apresentar, então, estou me apresentando. O Flamengo me avisou, estou só cumprindo", disse.

"O Chelsea exerceu a cláusula do contrato e solicitou o término antecipado do empréstimo e o retorno imediato do atleta Kenedy", informou o Flamengo, em suas redes sociais.

Com isso, por conta de Kenedy não ficar até o fim do empréstimo, o Flamengo fica isento de pagar 500 mil euros ao Chelsea pela negociação. O valor é equivalente a R$ 3,1 milhões na cotação atual.

Contratado em agosto do ano passado, Kenedy realizou 17 jogos com a camisa do clube carioca. Ao todo, marcou um gol e deu uma assistência.

Por conta da lesão de Chilwell, o Chelsea buscava uma peça de reposição para a ala-esquerda. A equipe treinada por Thomas Tuchel tentou recontratar Emerson Palmieri, que está no Lyon. Mas, os franceses não liberaram. Assim, o clube inglês solicitou o retorno de Kenedy.