<
>

Vice do Flamengo, Braz diz por que não esperou por Jorge Jesus: 'Estava jogando conosco'

Vice-presidente de futebol do Flamengo deu entrevista e explicou por que não contratou Jorge Jesus, mas sim Paulo Sousa.


O Flamengo enviou uma comitiva para Portugal na intenção de trazer de volta o técnico Jorge Jesus. No entanto, acabou fechando com outro treinador português, Paulo Sousa. Nesta segunda-feira, o vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, explicou por que não esperou mais tempo pelo “Mister”.

“Não dava mais para esperar o Jorge Jesus. Ele não nos deu nenhuma sinalização clara de que queria voltar. Estava jogando conosco e com o Benfica”, afirmou Braz em entrevista a Renato Maurício Prado no canal Ilan e Renato.

“Se o Mister tivesse me dito: ‘Espera até o dia 30’, eu teria esperado. Mas ele não disse nada. Ele ficava na dele e, quando questionado, repetia que dependia do Benfica”, completou.

No dia 30 de dezembro, o Benfica visita o rival Porto pelo Campeonato Português, às 18h (de Brasília), com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+. Uma nova derrota dos Encarnados aumentaria muito a pressão por uma demissão de Jorge Jesus, que já foi eliminado pelo mesmo rival na Taça de Portugal na última quinta-feira.

“Esperei o máximo que podia, fiz tudo que era possível, mas a verdade é que ele não me passou nenhuma segurança. Até entendo, mas para mim, deu”, justificou Marcos Braz.

O vice-presidente de futebol revelou ainda que a multa rescisória de Jorge Jesus com o Benfica é baseada no número de competições que a equipe participa, sendo 2 milhões de euros cobrados por competição.

“Sabe quanto o Benfica ganhou com a classificação para as oitavas da Champions? 52 milhões de euros. Imagina quanto o Mister levou de premiação. Ele está de olho numa possível classificação para as quartas da Champions, que vale mais uma fortuna para o clube e para ele”, ponderou Marcos Braz.

“E se ele ganha do Porto? Vai querer sair? O Benfica vai querer que ele saia? Não dá para ter certeza de nada. E eu precisava decidir”, completou.