<
>

Bi de novo! Atlético supera Athletico-PR mais uma vez com estrela de Keno e conquista a Copa do Brasil

Depois da goleada na ida, o Atlético-MG só precisou de uma vitória por 2 a 1 sobre o Athletico para se sagrar campeão da Copa do Brasil


O Atlético-MG é bicampeão da Copa do Brasil. Depois do 4 a 0 no Mineirão, o time foi até a Arena da Baixada nesta quarta-feira (15) e venceu o Athletico-PR por 2 a 1 com gols de Keno e Hulk para ficar com a taça do torneio.

Acompanhe as entrevistas, comemorações e análises da final da Copa do Brasil no Linha de Passe desta quarta-feira, às 23h55 (de Brasília), com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Os primeiros minutos de jogo mostravam duas equipes nervosas. Com faltas violentas e muitas reclamações de ambos os lados, com pouca bola rolando no gramado.

Aos 19 minutos, porém, um cruzamento de Léo Cittadini parou nos pés de Pedro Rocha, livre na área, que tirou de Everson no domínio e só teve que empurrar a bola para as redes. Um toque de mão, porém, foi assinalado pelo VAR, anulando o gol.

Cinco minutos depois, Vargas puxou contra-ataque e ativou Zaracho na ponta direita da área. O argentino logo viu Keno livre do outro lado e, de primeira, cruzou para o atacante, que chutou firme e tirou o zero do placar.

Aos 10 minutos da segunda etapa, Vinicius Mingotti recebeu na área, dominou e chutou para empatar o duelo. O impedimento, porém, foi assinalado e mais um gol, anulado.

Aos 29, Hulk foi lançado em profundidade, saiu de frente para Santos e deu lindo toque por cobertura para selar a conquista.

Já nos minutos finais, uma bola foi alçada na área, a defesa do Galo cochilou e Jaderson apareceu livre para cabecear para as redes e diminuir a diferença. No lance seguinte, um gol de Savarino foi anulado por impedimento.

Festa antes do jogo

Antes da partida, seria fácil dizer que o Athletico-PR tinha vantagem no placar. A festa vista nas arquibancadas fazia parecer que o time não tinha sido goleado por 4 a 0 no Mineirão.

Tríplice Coroa do Galo

Campeão do Campeonato Mineiro e do Brasileirão, o Atlético-MG agora tem uma Tríplice Coroa para chamar de sua, igualando as mesmas conquistas do rival Cruzeiro em 2003.

Keno decisivo de novo

Nos últimos nove jogos, foram seis gols do atacante atleticano. Os mais importantes? Os que selaram as conquistas do Brasileirão e, agora, da Copa do Brasil.

Muitos objetos lançados no gramado

Durante a partida, alguns objetos foram lançados pela torcida no gramado. Primeiramente, um tênis foi recolhido. Depois, jogadores do Atlético reclamaram de serem atingidos por copos.

Ficha técnica

Athletico-PR 1 x 2 Atlético-MG

GOLS: Jaderson (CAP); Keno e Hulk (CAM)

ATHLETICO-PR: Santos; Marcinho, Pedro Henrique, Zé Ivaldo e Abner; Erick, Cittadini (Canesin), Christian (Jader), Terans e Pedro Rocha (Jaderson); Kayzer (Mingotti). Técnico: Alberto Valentim

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Rabello, Alonso e Arana; Allan, Jair e Zaracho (Savarino); Vargas, Hulk (Sasha) e Keno (Calebe). Técnico: Cuca